Portal NN1

Últimas

Arapiraca disponibiliza exames de mamografia para mulheres com menos de 50 anos Reprodução internet

Arapiraca disponibiliza exames de mamografia para mulheres com menos de 50 anos

Para combater o câncer de mama em Arapiraca, a prefeitura está disponibilizando uma média de 500 exames de mamografia para mulheres com idade entre 35 e 49 anos. A iniciativa faz parte do Outubro Rosa, uma campanha nacional de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

Em 2018, Arapiraca registra, até o presente mês, 200 casos de câncer de mama, 30% desse total atinge mulheres entre 35 e 49 anos. Por conta disso, os especialistas estão avaliando o impacto do rastreamento em mulheres mais jovens. O modelo de atendimento adotado vem surtindo resultados positivos e diminuindo a mortalidade. “Sabemos que o diagnóstico de câncer de mama em mulheres jovens é bastante difícil e nesta faixa etária a mamografia apresenta limitações. O número de casos de atendimentos aqui na cidade, que favorece toda a 2ª macrorregião, é preocupante. Devido a isso, estão sendo ofertadas, através da Secretaria de Saúde do Município, mais 500 mamografias no mês de outubro e novembro. Além do orçamento que aumentou de 47 mil para 78 mil”, destaca o assessor técnico da superintendência de Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde, Magaiver Magno.

Nessa faixa etária, a mamografia apresenta limitações, pois a maioria das pacientes tem mamas densas, o que dificulta a avaliação dessas e identificação de eventuais tumores, podendo ser necessária a complementação com outros exames como ultrassonografia ou ressonância magnética. A maioria dos casos se manifesta com a presença de nódulos palpáveis ou por alterações da pele, o que se correlaciona com tumores em fases mais avançadas. Tumores em mulheres jovens, em geral, são biologicamente mais agressivos, estando associados com menor chance de cura, por isso é tão importante a prevenção.

A mamografia é o exame mais eficiente para encontrar, precocemente, um possível câncer de mama ainda em sua fase inicial. Mesmo diante do receio de algumas mulheres em realizá-lo, seja pelo desconforto do procedimento ou pelo medo de descobrir que está com a doença, o número de procedimentos vem aumentando em Arapiraca.

Outras Ações

Além das mamografias, o município prepara uma série de atividades para o Outubro Rosa.

 

Da redação

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas