Portal NN1

Últimas

CASO CLEICIANE: delegado aguarda laudo para dar continuidade às investigações Foto: Reprodução internet

CASO CLEICIANE: delegado aguarda laudo para dar continuidade às investigações

Nesta terça-feira (02/10), um exame de DNA confirmou que a ossada encontrada às margens da rodovia AL-115 no povoado Lagoa do Félix em Igaci no início do mês de março deste ano é da garota Cleiciane Pereira de 10 anos. A menina estava desaparecida desde 4 de junho de 2017.

O exame foi concluído e divulgado pela perícia oficial do estado. O laudo da necrópsia realizada no corpo da menina no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, aponta a causa da morte como indeterminada, mas revela que ela sofreu fraturas nas 2 pernas, ferimentos que somados ao local onde o corpo foi encontrado podem indicar um possível atropelamento.

O laudo foi concluído pelo IML, mas por conta dos trâmites legais, não chegou à Central de Polícia Civil de Arapiraca para que seja dado continuidade ao processo.

De acordo com o delegado Igor Diego da Central de Polícia de Arapiraca, “o laudo ainda não foi entregue na delegacia e não consta no inquérito, assim que estiver com a documentação será dada continuidade às investigações”.

Entenda o caso

Cleiciane Pereira morava com a família no Residencial Agreste em Arapiraca e desapareceu no dia 4 de junho de 2017. Na época, testemunhas afirmaram que a criança saiu da casa acompanhada de um adulto.

Quando a ossada foi localizado em março, familiares da garota foram chamados pela polícia e a mãe de Cleiciane, Cledja Pereira, disse ter reconhecido as roupas encontradas nos restos mortais como sendo da menina.

 

Da redação

 

Veja também

Exame confirma que ossada encontrada em Igaci é de criança desaparecida

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas