Portal NN1

Últimas

CRB completa 106 anos realizando missa e presenteando sócios Assessoria CRB

CRB completa 106 anos realizando missa e presenteando sócios

O Clube de Regatas Brasil (CRB), completa nesta quinta-feira (20/09) 106 anos de história. Atualmente disputando o Campeonato Brasileiro da Série B, o Galo da Praia, como é conhecido por seus torcedores, vive um momento totalmente adverso, brigando para não ser rebaixado para a Série C.

Apesar da situação, a nova idade não passou em branco e a diretoria regatiana realizou e realizará alguns eventos para comemorar a data. Esta manhã o clube realizou uma missa para celebrar a data na Igreja de São Pedro, localizada na Ponta Verde. Além do evento religioso, 106 sócios torcedores foram sorteados e receberão uma camisa comemorativa pelo aniversário do clube.

Um pouco da história

Sua história teve início no ano de 1911, com a fundação em Maceió, do Clube Alagoano de Regatas. A joia para sócios era de mil réis e a mensalidade de quinhentos mil réis. Sua sede ficava situada na Rua do Comércio, 138. Apesar de se chamar Clube Alagoano de Regatas, não havia yoles, nem baleeiras, nem remadores. Possuía um punhado de bravos rapazes que desejavam criar um clube esportivo em Alagoas.

Entretanto, a pequena receita com jóias e mensalidades impedia o progresso do clube. Entre os seus fundadores estavam os jovens Lafaiete Pacheco, Antônio Bessa, Celso Coelho e Alexandre Nobre. Na tentativa de elevar a receita do clube, Lafaiete Pacheco tentou junto aos companheiros um aumento nas mensalidades, mas a ideia não foi aceita pela maioria. Dessa falta de entendimento, nasceu o Clube de Regatas Brasil.

Lafaiete Pacheco procurou Antônio Vianna e explicou sua idéia de criar um clube de regatas na praia de Pajuçara. Juntos convidaram outros sete rapazes e assim no dia 20 de setembro de 1912, na rua Jasmim, foi fundado o Clube de Regatas Brasil.

Foi introduzido no clube de maneira totalmente natural. Antes e depois dos treinamentos para as regatas um grupo de atletas ficava batendo bola, os conhecidos, rachas. Essa brincadeira foi tomando vulto e a partir daí surgiu a necessidade de um espaço próprio para a prática do futebol.

 

Da redação com CRB.esp.br

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas