Portal NN1

Últimas

Defensoria Pública deve ter salas em todas as Comarcas em 45 dias Fotos; Assessoria TJ/AL

Defensoria Pública deve ter salas em todas as Comarcas em 45 dias

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Otávio Leão Praxedes, garantiu que as unidades judiciárias que estão atualmente sem sala para Defensoria Pública terão um espaço específico nos próximos 45 dias, de forma que não seja necessário dividir o espaço destinado à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O chefe do Judiciário realizou reunião nesta quinta-feira (04/10) para discutir e anunciar as providências. “O objetivo foi dar um indicativo para que todos aqueles que trabalham dentro do Sistema de Justiça fiquem à vontade e tenham a melhor estrutura de trabalho possível”, disse Otávio Praxedes.

Fernanda Marinela, presidente da OAB em Alagoas, elogiou o esforço conjunto para buscar a solução. “A gente sai bastante satisfeita da reunião porque estamos conseguindo mais espaço para a advocacia no interior e vamos conseguir conciliar com as outras instituições porque todas são importantes”.

O defensor público geral, Ricardo Melro, relatou que já estava mantendo interlocução com o Tribunal de Justiça. “Todos os nossos pleitos já haviam sido passados e resolvidos com os juízes Maurício Brêda e Ygor Figueirêdo, além do presidente Otávio Praxedes. Hoje tudo foi esclarecido, não há nenhum problema”.

O prazo de 45 dias foi considerado suficiente pelo juiz Maurício Brêda, presidente do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris), para a adaptação dos espaços físicos. Também participaram da reunião, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Paulo Lima, o presidente da Associação Alagoana de Magistrados (Almagis), Ney Alcântara, entre outros juízes, advogados e defensores.

 

Da redação com assessoria do TJ/AL

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas