Portal NN1

Últimas

Editora da Uneal inaugura livraria e café Foto: Taísa Bibi

Editora da Uneal inaugura livraria e café

Na noite da última terça-feira (09/10), a Eduneal - Editora da Universidade Estadual de Alagoas - inaugurou uma livraria e café. A antiga sala do almoxarifado na reitoria em Arapiraca, deu lugar a um espaço de leitura, café e exposição de arte.

O espaço conta com livros da editora da Uneal e também de outras editoras como a Edufal, Impressa Oficial Graciliano Ramos, Puc do Paraná, Federal da Bahia, Unijuí e outras. 

A homenageada que vai dar o nome ao espaço é a professora Maria Madalena Barros de Menezes. ‘Mada’, como ela é conhecida, faz parte do imaginário popular de Arapiraca, como a senhora elegante, de chapéu, que percorria as ruas da cidade dirigindo seu famoso fusquinha.

Maria Madalena possui graduação em Licenciatura em Letras, Português/Inglês, pela Universidade Federal de Alagoas(1975) e especialização em Literatura Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais(1989). Também é vice-presidente da Academia Arapiraquense de Letras e Artes (ACALA).

Muito emocionada, a homenageada disse que “se um dia eu tivesse a chance de voltar pra essa vida, eu seria professora, novamente”.

“Quanta alegria e beleza nessa noite, minha mãe achava estudo a coisa mais importante do mundo. Pra mim, o mais importante é o sentimento. Vejam quanto bem as letras podem nos fazer. Muito obrigada a todos”, finalizou a professora Madalena.

A diretora da Eduneal, Sanadia Gama, falou que a motivação da construção da livraria era de que a editora, além de não ter uma sede, precisava de visibilidade na comunidade acadêmica. “Estamos celebrando um fato histórico, crescemos e viramos adultos. Quando nós queremos as coisas, elas acontecem. Com vontade política, gestão e investimento entregamos esse espaço coletivo e sonhado por todos”.

 

Vitor Emmanuell, estudante do 6o período de letras da Uneal, falou que a universidade precisava de um espaço de convivência. “É um novo mundo, porque faltava um espaço de convivência para os alunos. Agora vamos poder fazer eventos literários, no conforto e aconchego da livraria café”.

O reitor eleito Odilon Máximo disse que essa semente dará frutos a universidade. “Um ambiente para todos nós, um desafio conjunto, público, é um espaço para a comunidade pautar ações, é um espaço cultural. É uma semente plantada que dará frutos a Uneal, para o nosso mestrado que tem entre as exigências, publicações acadêmicas”.

Para o atual reitor, Clébio Correia de Araújo, “A livraria e a sede própria da Eduneal é a materialização de um sonho coletivo. É um presente de nós para nós mesmo. É um projeto de várias mãos. Um espaço que não existia, para conversarmos e trocar ideias”.

O espaço lítero-cultural vai funcionar nos três horários de segunda a sexta-feira das 8 às 12h, das 13 às 17h e das 18 às 21h.

 

Taísa Bibi  

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas