Portal NN1

Últimas

Jogador Bruno poderá deixar a prisão a partir do dia 13 crédito:reprodução internet

Jogador Bruno poderá deixar a prisão a partir do dia 13

A justiça da cidade de Varginha (MG) atualizou o atestado de pena do ex-jogador do Flamengo, Bruno. Com isso o goleiro poderá sair a partir do dia 13 deste mês (outubro), além de pedir progressão de pena para o regime semiaberto domiciliar.

O juiz da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Varginha, Tarcísio Moreira, foi quem assinou a atualização do atestado.

Já o advogado de Bruno, Fábio Gama, afirmou que a solicitação do pedido de progressão não acontece de maneira rápida e que vai aguardar a data (13/10) para fazer o pedido.

Bruno foi preso em 2010 e condenado em 2013, há 22 anos de prisão pelo planejamento da morte da modelo Eliza Samúdio que, na ocasião, estava grávida de seu filho. Além disso, o ex-goleiro responde também pelo sequestro e cárcere privado de seu filho Bruninho.

Caso a progressão da pena de Bruno seja aceita, o goleiro passará a dormir em sua própria casa - a cidade de Varginha não possui instalações para onde os detentos possam ir apenas para dormir. Na prática, é como se ele estivesse cumprindo sua pena em regime aberto.

Em 2017, o jogador que pretende retomar sua carreira no esporte foi solto em fevereiro, após liminar do ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal (STF). Em março do mesmo ano, ele assinou contrato com o Boa Esporte (MG); atualmente, o vínculo está suspenso. A defesa de Bruno também irá buscar autorização especial para que o goleiro possa viajar junto à equipe mineira para jogar.

 

Da redação com UOL

 

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas