Portal NN1

Últimas

Mulher é agredida em Maceió após declarar voto em Ciro Gomes Cortesia ao NN1

Mulher é agredida em Maceió após declarar voto em Ciro Gomes

Uma mulher identificada como Juliana Rezende foi agredida neste domingo (07/10), por três pessoas (dois homens e uma mulher) não identificadas quando se dirigia para uma escola no bairro Cruz das Almas em Maceió, onde iria trabalhar como fiscal.

Segundo relato colhido nas redes sociais, ao ser abordada pelas pessoas que estavam num carro preto, Juliana foi perguntada qual era seu candidato para a presidência da República. Quando respondeu que seu candidato era Ciro Gomes, as pessoas desceram do veículo e começaram a agredí-la com socos e chutes, deixando hematomas no olho e nos braços. Segundo a vítima, após a agressão, as pessoas teriam dito a ela “olhe aí o 12” e fugiram no veículo tomando destino ignorado.

Juliana afirmou que faria um boletim de ocorrência, assim que deixasse o local de votação onde trabalha como fiscal.

 

Da redação

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas