Portal NN1

Últimas

Pesquisa Ibope: Bolsonaro chega a 32% e Haddad vai a 23% Crédito: reprodução internet

Pesquisa Ibope: Bolsonaro chega a 32% e Haddad vai a 23%

A quatro dias do primeiro turno das eleições presidenciais, o Ibope divulgou nova pesquisa de intenção de votos para a presidência da república. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e jornal O Estado de São Paulo. Jair Bolsonaro segue estável na liderança, enquanto Fernando Haddad (PT) oscilou positivamente dentro da margem de erro.

 

Os números foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL) – 32%

Fernando Haddad (PT) – 23%

Ciro Gomes (PDT) – 10%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 7%

Marina Silva (REDE) – 4%

João Amoêdo (Novo): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Alvaro Dias (Podemos): 1%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

Guilherme Boulos (PSOL): 0%

Vera Lúcia (PSTU): 0%

João Goulart Filho (PPL): 0%

Eymael (DC): 0%

Branco/nulos: 11%

Não sabe/não respondeu: 6%

 

Simulações de segundo turno

 

Haddad 43% x 41% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 3%)

Ciro 46% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 3%)

Alckmin 41% x 40% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 3%)

Bolsonaro 43% x 39% Marina (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)

 

Em votos válidos, ou seja, sem considerar os brancos e nulos, o placar entre os dois primeiros colocados é de 38% a 28%. Os dois primeiros colocados na disputa também ocupam as mesmas colocações no quesito rejeição: 42% dos eleitores não votariam de jeito nenhum em Bolsonaro, e 37% em seu principal adversário. 

O Ibope ouviu 3.010 eleitores, em 209 municípios, entre os dias 01 e 02 de outubro. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR‐08245/2018. Os contratantes foram o jornal O Estado de São Paulo e a TV Globo. 

A pesquisa completa será divulgada no Jornal Nacional da TV Globo e na edição desta quinta-feira (04/10) do jornal O Estado de São Paulo.

Da redação, com Estadão e G1

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas