Portal NN1

Últimas

"Odiento, desequilibrado e covarde", responde Renan sobre vídeo de Rui Palmeira Divulgação

"Odiento, desequilibrado e covarde", responde Renan sobre vídeo de Rui Palmeira

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), mesmo sem disputar mandato, entrou de cabeça nas eleições 2018. O prefeito fez chegar às redes sociais na manhã desta terça-feira (25/09), um vídeo curto, 14 segundos, onde tece pesadas críticas ao senador Renan Calheiros (MDB), candidato à reeleição. Rui tem feito discreta campanha para os candidatos Benedito de Lira (PP) e Rodrigo Cunha (PSDB).

“Renan Calheiros é um dos campeões nacionais da Lava Jato, investigado em 14 inquéritos. Renan é o campeão da Lava Jato em Alagoas; na verdade ninguém gosta de Renan, como não gosta de Temer, como não gosta de Sarney, todos do mesmo partido. Por baixo dessa camisa branca que ele usa, tem 14 inquéritos por corrupção na Lava Jato. Alagoas tem a chance de dar um exemplo para o Brasil, Renan senador, não”, afirmou o prefeito no vídeo que tem ao fundo uma tarja em vermelho e azul com os dizeres “Renan Não”.

Essa é a aparição mais incisiva de Rui nestas eleições, desde o início do período. O prefeito foi um dos avalistas da chapa Collor/Kelman Vieira que acabou caindo 39 dias após sua indicação. Nesse período, Rui se reservou a fazer algumas caminhadas com Benedito de Lira e Rodrigo Cunha na capital e gravar alguns vídeos para candidatos proporcionais.

 

Renan

 

No início da noite desta terça-feira (25/09), o senador Renan Calheiros (MDB) respondeu ao vídeo do prefeito Rui Palmeira. Via twitter, o senador não poupou adjetivos para definir a atitude do prefeito. "Rui Palmeira, você não muda! Continua ingrato, odiento, desequilibrado e covarde. O STF acabou de me absolver por unanimidade e já arquivou oito investigações. Ninguém está acima da lei. Torço para que você faça o mesmo com suas próprias denúncias e esclareça a todas", afirmou Calheiros.

em outro tweet, o senador continua, afirmando que o prefeito é desequilibrado: "Inclusive, a que trata de desvios de multas dos pardais (com decisão judicial tomada), a do desvio do custeio da saúde (investigado pelo TCU), além, é claro, das delações da Odebrecht na Lava –Jato. No mais, @ruipalmeira, compreendo seu desespero e sua inveja", encerrou.

 

Da redação

Compartilhe essa notícia
  • whatsapp

Últimas