22.2 C
Arapiraca
Quinta-feira, 25 Abril, 2024

Adidas interrompe personalização de uniformes da seleção alemã por semelhança com símbolo nazista

A Adidas decidiu interromper a personalização de uniformes de futebol da seleção alemã devido a preocupações com a semelhança do número 44 com um símbolo usado pelas unidades SS nazistas, responsáveis por diversos crimes contra a humanidade. A empresa afirmou que é contra qualquer forma de xenofobia, antissemitismo, violência e ódio, e que cancelou a opção de personalização em sua loja online.

A fabricante de artigos esportivos ressaltou que a responsabilidade pelo design dos números nas novas camisas de futebol da Alemanha é da Associação Alemã de Futebol, não da Adidas. A controvérsia surge após críticas à marca em 2022 por sua colaboração com o rapper Ye, anteriormente conhecido como Kanye West, criticado por constantes comentários antissemitas.

A Adidas reiterou que não tem intenção de promover pontos de vista divisivos ou excludentes, e que tais atitudes não fazem parte de seus valores como marca. A Associação Alemã de Futebol afirmou que nenhum dos envolvidos no processo de design das camisas notou a semelhança com símbolos nazistas, mas está trabalhando em um design alternativo para o número 4 em coordenação com a Uefa. Segundo a federação nacional, os números de 0 a 9 são verificados internamente e depois enviados à entidade europeia para revisão. Nenhuma parte envolvida no processo de design das camisas identificou o símbolo nazista.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Fonte: Jovem Pan