29.3 C
Arapiraca
Domingo, 21 Abril, 2024

Alemanha legaliza o consumo recreativo da maconha

Apesar da forte oposição dos conservadores e de associações médicas, a Alemanha legalizou nesta segunda-feira (1º) o consumo recreativo de maconha. A lei alemã estipula que maiores de idade podem transportar até 25 gramas em vias públicas, cultivar até 50 gramas e ter até três plantas de cannabis por adulto em sua residência. Embora a medida entre em vigor a partir desta segunda, os consumidores terão que esperar três meses para comprar maconha de maneira legal em “clubes sociais de cannabis”.

Segundo Georg Wurth, diretor da Associação Alemã de Cannabis, antes de julho o ato da compra permanecerá ilegal. A lei ainda determina que os espaços legalizados poderão ter no máximo 500 membros e distribuir 50 gramas de maconha por mês para cada integrante.

O governo alemão prometeu uma campanha sobre os riscos do consumo, destacando que a droga continua proibida para os menores de 18 anos e que o consumo é proibido a menos de 100 metros de escolas, creches e parques infantis. A legalização é uma exceção e a reforma coloca a Alemanha entre os países mais permissivos no mundo. Na União Europeia (UE), Malta foi o primeiro país a legalizar a planta em 2021, seguido por Luxemburgo, em 2023, e agora, Alemanha. No resto do mundo, apenas o Uruguai, em 2013, e Canadá, em 2018, legalizaram a compra de maconha. A autorização do uso da cannabis psicotrópica com fins medicinais é muito mais comum e existe em cerca de 50 países.

Fonte: Jovem Pan