27.7 C
Arapiraca
Quarta-feira, 22 Maio, 2024

Camarões e Sérvia empatam em jogo frenético e Brasil fica a um passo da vaga

Camarões e Sérvia empataram por 3 a 3 nesta segunda-feira(28/11), no estádio Al Janoub. O jogo teve de tudo: golaço salvo pelo VAR, reviravoltas no placar e até jogador expulso horas antes por indisciplina. O resultado complicou a vida das duas seleções, mas foi bom para o Brasil, que estará classificado se vencer a Suíça às 13h (de Brasília). Os gols da Sérvia foram marcados por Pavlovic, Sergej Milinkovic-Savic e Mitrovic. Os de Camarões foram feitos por Castelletto, Aboubakar (uma pintura) e Choupo-Moting.

Com o empate, as duas seleções ficaram com um ponto no Grupo G, ainda com chances de classificação. O Brasil, se vencer a Suíça, irá a seis e não poderá mais ser alcançado por nenhuma delas – que, neste cenário, disputarão a vaga final contra os próprios suíços. As duas seleções se despedem da primeira fase do Mundial na próxima sexta-feira. Camarões enfrenta o Brasil, e a Sérvia encara a Suíça. Os dois jogos serão às 16h (de Brasília).

Golaço salvo pelo VAR

Aboubakar fez um golaço, uma pintura. Foi no segundo tempo, no segundo gol de Camarões, quando a seleção africana iniciava a reação contra a Sérvia. Ele recebeu, deu linda finta no marcador e, com uma cavadinha, encobriu o goleiro. Mas teve que esperar para festejar. Inicialmente, a arbitragem marcou impedimento. O VAR, porém, salvou o golaço: confirmou que a posição era legal.

Crise

A seleção de Camarões entrou em campo envolvida por uma notícia bombástica. Horas antes do jogo, o goleiro André Onana, totular da equipe, foi expulso da delegação por questões disciplinares.  Devis Epassy, de 29 anos, goleiro do Abha, clube da Arábia Saudita, foi o escolhido para enfrentar a Sérvia. O corte seria consequência de um desacerto de ordem tática entre Onana e o técnico de Camarões, Rigobert Song – sobre a preferência do goleiro de sair jogando com os pés.