sexta-feira, 19 agosto, 2022
HomeArapiracaCartão CRIA: Gestantes de Arapiraca serão cadastradas a partir de 18 de...

Cartão CRIA: Gestantes de Arapiraca serão cadastradas a partir de 18 de fevereiro (18/02)

Nessa primeira etapa do programa, cerca de 400 mulheres que vivem em pobreza ou extrema pobreza estão sendo beneficiadas pela iniciativa do governo de Alagoas em parceria com a Prefeitura de Arapiraca

A prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, dará início a partir da próxima quinta-feira (18/02), ao cadastro das gestantes e das crianças de 0 a 6 anos beneficiadas pelo Programa Criança Alagoana (CRIA), lançado na tarde dessa segunda-feira (08/02), pelo Governo de Alagoas em Arapiraca.

“Para evitar filas e aglomeração, ficou decidido que os cadastros serão realizados de forma gradativa, começando com as gestantes e com as crianças que possuem alguma síndrome congênita do Zika Vírus”, disse a secretária Fabrícia Galindo, responsável pela pasta.

Confira o cronograma de cadastro:

  • A partir de 18/02 – Gestantes e Crianças com síndrome congênita do Zika Vírus;
  • A partir de 01/04 – Crianças até 2 anos de idade;
  • A partir de 01/05 – Crianças até cinco anos de idade;

“É importante ressaltar que todas as gestantes e mães alagoanas que se enquadram nas diretrizes do programa vão receber o Cartão CRIA. Então é muito importante que as gestantes e as mães procurem os CRAS apenas no período correto”, continuou.

Nessa primeira etapa do programa, cerca de 400 mulheres que vivem em pobreza ou extrema pobreza estão sendo beneficiadas pela iniciativa do governo de Alagoas em parceria com a Prefeitura de Arapiraca. Todas estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e irão receber o valor de R$ 100,00 até a criança, nascida de gestação completar seis anos.

O decreto do Cartão CRIA contempla ainda todas as crianças nascidas com a síndrome congênita do Zika vírus. Cada família só pode receber um benefício, mas existem duas exceções: famílias que possuam criança com síndrome do Zika vírus e a mãe esteja gestante, e quando existem duas gestantes na mesma casa, no caso, mãe e filha.

Para manter o recebimento dos R$ 100, as beneficiárias precisam cumprir algumas exigências, tais como: fazer os exames e as consultas de pré-natal e puericultura (crianças); estar em dia com as vacinas; realizar avaliação nutricional e fazer acompanhamento familiar com a equipe do CRAS.

No caso das crianças, é preciso que o cartão de vacina esteja atualizado.

Arapiraca conta com 7 Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) abertos. São eles:

  • CRAS Canafístula – Rua Tertuliano Barbosa Leite, 201;
  • CRAS Cazuzinhas – Rua Manoel Vitalino da Silva – Brisa do Lago;
  • CRAS Jardim das Paineiras – Rua Arapiraca;
  • CRAS Mangabeiras – Rua Marinês Nunes dos Santos – Santa Edwiges;
  • CRAS Manoel Teles – Rua Pedro Leão, 25 – Baixão;
  • CRAS Planalto – Rua Ademar Medeiros, 133;
  • CRAS Primavera – Rua Francisco de Paula Magalhães.
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS