sexta-feira, 14 maio, 2021
InícioAlagoas“Cerca de 25% dos pacientes com insuficiência renal que são acometidos pela...

“Cerca de 25% dos pacientes com insuficiência renal que são acometidos pela Covid-19 perdem sua vida” – Saúde em Foco

Dr. Indalécio Magalhães fala sobre a relação perigosa entre a insuficiência renal e a Covid-19

O Programa Saúde em Foco, transmitido pela Rádio 91.5 FM, nesta segunda-feira (03/05), teve como tema a insuficiência renal e a Covid-19. Para falar sobre o assunto, André Pepes entrevistou o Dr. Indalécio Magalhães, médico nefrologista.

De acordo com o Dr. Indalécio Magalhães, na prática hospitalar do dia a dia no Brasil, dos pacientes que são acometidos pela Covid-19 e precisam ser transferidos para UTI, cerca de 40% e 50% têm alguma alteração nos rins. “O principal órgão atingido pela Covid são os pulmões, dentre os pacientes que precisam ir para a UTI, cerca de 40% ou 50% têm alguma alteração nos rins e podem chegar à insuficiência renal”, explica. Segundo ele, para pacientes que já têm insuficiência renal, o risco de alterações ainda mais graves causadas pela Covid-19 é maior.

Dr. Indalécio Magalhães aponta que, em geral, 3% dos pacientes com Covid-19 que precisam passar pela UTI precisam fazer hemodiálise. “Esta é uma situação mais grave, que exige mais recursos porque quando o paciente está na UTI, intubado e precisa de hemodiálise se configura num estado muito grave”, destaca o médico.

O médico revela que muitas pessoas que sofriam de insuficiência renal e foram acometidas pela Covid-19 não resistiram e acabaram indo a óbito. “Infelizmente, cerca de 25% dos pacientes com insuficiência renal que são acometidos pela Covid-19 perdem sua vida”, aponta.

Dr. Indalécio Magalhães destaca que a doença renal é grave e a situação mais grave é quando o paciente chega à insuficiência renal, porque ele precisa fazer a hemodiálise para sobreviver. “Quando esse paciente é infectado pelo coronavírus e precisa ir para UTI, a situação é muito mais grave”, frisa.

De acordo o médico, quando o paciente não tem nenhum problema nos rins, mas é acometido pela Covid-19 e o estado de saúde se agrava ao ponto de chegar à insuficiência renal, precisando fazer hemodiálise, se ele conseguir se recuperar da Covid-19, terá grandes chances recuperar a função dos rins e não precisará mais fazer a hemodiálise depois do tratamento.

Dr. Indalécio Magalhães atende no Complexo Hospitalar Manoel André – CHAMA, em Arapiraca. Contato: (82) 3521-4781 / 3521-4782 / 3521- 4576.

Para acompanhar o Saúde em Foco ao vivo, acompanhe a 91.5 FM, de segunda a sexta, às 13h. Para ouvir o programa acesse o perfil no Spotify clicando aqui. Acompanhe o programa também nas redes sociais.

Assista à entrevista na íntegra:

Reprodução: NN Play

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS