sexta-feira, 12 agosto, 2022
HomeBrasilClínica pega fogo e mulher trans morre em São Paulo

Clínica pega fogo e mulher trans morre em São Paulo

Marido diz que vítima foi abandonada durante incêndio

Lorena Muniz, mulher trans de 25 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (22/02) no Hospital das Clínicas, na Zona Oeste de São Paulo.

Ela tinha passado por uma cirurgia de implante de silicone em uma clínica no centro da capital paulista, onde ocorreu um incêndio na última quarta (17/02), e estava internada em estado grave no hospital.

A família afirma que Lorena foi abandonada dentro de uma sala da clínica após o imóvel pegar fogo. Washington Barbosa, marido de Lorena, disse em postagens nas redes sociais que sua esposa inalou fumaça e ficou inconsciente por sete minutos antes de ser retirada do local.

Ele também afirma que o ar condicionado da clínica de estética pegou fogo e todos os funcionários saíram, deixando Lorena inconsciente em uma sala.

Investigação

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP), Lorena foi resgatada pelos bombeiros durante o incêndio na clínica, na última quarta (17/02), e socorrida ao Hospital das Clínicas.

Ainda segundo a pasta, uma equipe de uma agência de energia elétrica realizava uma manutenção na rua quando ocorreu uma explosão dentro da clínica, dando início ao incêndio.

O caso é investigado como incêndio com lesão corporal culposa. A SSP diz que foi solicitada perícia no estabelecimento e também exame de corpo de delito.

Um vídeo que circula nas redes sociais de ativistas mostra pacientes da clínica na calçada, relatando que um incêndio havia ocorrido e que ainda havia uma pessoa dentro do local.

Em postagens nas redes sociais, o marido de Lorena disse que as equipes das deputadas Erica Malunguinho (PSOL) e Erika Hilton (PSOL) se mobilizaram para ajudá-lo a ir para São Paulo, já que os dois moram em Recife. Ele chegou à capital no último sábado (20/02).

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS