18/07/2019 às 09h09min - Atualizada em 18/07/2019 às 09h09min

Homem-Aranha Longe de Casa, crítica

Um filme que trás acontecimentos pós-Vingadores Ultimato

César de Aquino

NN1
O filme "Homem-Aranha Longe de Casa" já está entre nós, e já temos como falar sobre esse que é o último filme da fase 3 da Marvel.

Vamos aos números? Com 66 milhões de reais nas bilheterias nacionais, este filme já tem como lucro mundial mais de 535 milhões de dólares.

O filme trás um Peter Parker mais focado na sua vida pessoal, inclusive é muito evidente esse lado pessoal do Cabeça de Teia nesse filme. O que nos dá uma melhor imagem do Peter, mais até que no filme original, de volta ao lar.

Nesse filme o Aranha está lutando com um inimigo muito comum pra ele, a sua ingenuidade que mais uma vez aparece na vida do nosso herói.
 
Sinopse
 
Em uma viagem de excursão da escola pela Europa, o Homem-Aranha tem que salva o mundo mais uma vez, lembrando que os acontecimentos do filme Vingadores Ultimato está mais do que presente nesse filme.
 
Outro destaque nesse filme é a atuação maravilhosa do ator Jake Gyllenhaal. Que mistério ele nos deu senhoras e senhores!

O vilão é maravilhoso e existem pessoas na internet que estão falando que ficou bem melhor do que a versão dos quadrinhos e não está longe disso, as cenas em que ele usa os poderes são únicas, você até se sente dentro de uma história do amigão da vizinhança. Muito bom!

O filme pode até ter alguns pontos bem exagerados e meio que fora do universo do personagem puxando pro lado dos Vingadores, deixando meio a mitologia do Homem-Aranha de fora mas isso é um ponto muito pequeno nesse filme, que é divertido, cheio de efeitos especiais e muito emocionante!

Vale a pena conferir.  
 
Nota, 8,0.

Relacionadas »
Comentários »