09/09/2020 às 22h54min - Atualizada em 09/09/2020 às 22h52min

A Queda do Morcego

Indicação de leitura

César de Aquino
Foto: Reprodução Internet
Nos anos 90 existiram nos quadrinhos algumas sagas. Na Marvel estava acontecendo a saga do "Clone do Homem Aranha", e na DC a "Queda do Morcego", saga essa que iria fazer o Batman sair de cena, por um tempo.
 
Foi apresentado um novo Batman, Jean Paul o Azrael, e Bruce Wayne ficou de cadeira de roda. A década de 90 foi repleta de grandes eventos nos quadrinhos: "A Morte do Superman", a arte marcante de Alex Ross; a criação da Image Comics e a já comentada saga do "Clone do Cabeça de Teia".
 
Em "Queda do Morcego" tivemos a apresentação do vilão Bane, que foi criado por Chuck Dixon, Doug Moench e Graham Nolan. O plano deles foi bem bolado, deixando o Batman totalmente exausto física, psicológica e mentalmente. Ele libertou todos prisioneiros do asilo Arkham, fazendo o Cavaleiro das Trevas usar todos seus truques para prendê-los e no final aconteceu aquela cena icônica dos anos 90. O Bane quebrando a costela do Batman.
 
Agora em 2020, a Panini está relançando a mega saga "A Queda do Morcego", em papel especial e capa cartão, vale a pena todos os fãs do morcegão ter na sua coleção esse marco. Já que será canônico, é certo que o preço virá meio salgado, bem como a maioria dos lançamentos da Panini, mas vida de colecionador é assim mesmo.
 
No top 10 de melhores histórias do Batman, entre "Batman ano um", "Cavaleiro das Trevas" e "Piada Mortal", a "Queda do Morcego" faz parte com certeza.
Relacionadas »
Comentários »