24 C
Arapiraca
Quinta-feira, 18 Julho, 2024

Croatas que vivem em São Paulo estão divididos para jogo decisivo da Copa do Mundo

Na Sociedade Amigos Dalmácia, que existe desde 1959, conhecemos um pouco da história da Croácia. O clube fica na divisa entre os bairros da Mooca e do Belém, na capital paulista, divulgando livros, danças, comidas típicas, idiomas e tudo o que o país de 4 milhões de habitantes tem de melhor. A Katia é descendente de croatas e preside a Sociedade. “A Croácia é muito rica em paisagens, são muito bonitas, é um litoral muito recortado. É cheio de ilhas e cidades medievais. O povo também é muito hospitaleiro, muito parecido com o brasileiro. Gostam de futebol, de uma boa comida, de uma boa conversa, então é muito semelhante. A gente se sente em casa quando vai à Croácia”, diz Katia.

Na partida desta sexta-feira, 9, pelas quartas de final da Copa do Mundo entre Brasil e Croácia, os croatas que vivem aqui torcerão para os craques brasileiros ou para os croatas. “Aqui na nossa associação, nós vamos torcer para os dois. Esperamos que vença o melhor e que quem vencer nessa chave seja o campeão da Copa”, disse Katia, que também explicou a terminação “ic”, presente na maioria dos nomes dos jogadores da seleção croata. “‘Ic’ significa o diminutivo de alguma coisa ou ‘filho de’”. Outra curiosidade da tradição croata é que eles mantém nas estampas dos uniformes dos jogadores o quadriculado xadrez. A partida acontece às 12h e o vencedor encarará o ganhador do duelo entre Holanda e Argentina na semifinal da Copa.

*Com informações do repórter David de Tarso

Fonte: Jovem Pan