terça-feira, 26 outubro, 2021
InícioArte e CulturaCurta dirigido por professor da Uneal é um dos finalistas na maior...

Curta dirigido por professor da Uneal é um dos finalistas na maior premiação do cinema brasileiro

Obra "A Barca" é dirigida pelo cineasta e professor da Uneal Nilton Resende

A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais divulgou a lista com os finalistas do 20º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, confirmado para o dia 28 de novembro (28/11), com cerimônia transmitida ao vivo pela TV Cultura. Os finalistas concorrem em 31 categorias e foram escolhidos em votação pelos sócios da Academia.

O cinema de Alagoas já havia marcado presença histórica no primeiro turno da maior premiação do setor, com dois curtas metragens de ficção entre os 22 selecionados: “Trincheira”, de Paulo Silver, e “A Barca”, de Nilton Resende.

No turno final da premiação, a produção “A Barca”, cuja direção é do professor do Campus V  da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), Nilton Resende, e é inspirada num conto de Lygia Fagundes Telles, integra a seleta lista dos seis curtas-metragens brasileiros do gênero ficção que concorrem ao grande prêmio. Uma conquista inédita para o audiovisual alagoano.

“Estarmos na final do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro é uma alegria enorme e é, também, uma mostra de como o cinema alagoano tem estado cada vez mais maduro e visível. E tais maturidade e visibilidade advêm do trabalho e da luta de todos que fazem e fizeram o nosso cinema, desde o seu começo. Advêm das políticas públicas e democráticas pelas quais nós tanto lutamos, desde a campanha do Quebre o Balcão até os dias atuais. Então, por esta indicação, agradeço à Lygia Fagundes Telles, atual decana da literatura brasileira, por sua obra manancial; às pessoas que votaram em nós; e a todos que estão inscritos na história do cinema produzido em Alagoas”, disse o diretor Nilton Resende.

A seleção consagra a carreira do curta-metragem alagoano, que já percorreu mais de 80 festivais em 20 países, somando 30 prêmios até o momento. “A Barca” estreou em janeiro de 2020 na Mostra de Cinema de Tiradentes, integrando a Mostra Foco. Desde então, foi selecionado para certames como o Festival de Cinema de Havana, o Bolton Festival, o Fantaspoa, o Curta Brasília e o Curta Cinema.

Sobre o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro é organizado e votado pelos próprios profissionais do setor, uma forma da própria classe celebrar o seu trabalho e dar o devido reconhecimento ao talento de seus profissionais. A premiação é anual. Contribui para a elevação e a promoção do cinema brasileiro junto à população e ao público do país, através do reconhecimento da qualidade técnica e artística de seus filmes e da confraternização entre os profissionais da indústria.

O processo de definição dos vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro é dividido em duas etapas: indicação e premiação. A partir de 2004 a votação passou a ser feita via internet, pelos sócios da Academia, que recebem uma senha eletrônica para votar pela internet. O sistema tem a auditoria da empresa PwC.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS