sábado, 25 setembro, 2021
InícioAlagoasEquipamentos de som apreendidos em operações da polícia são doados para escola...

Equipamentos de som apreendidos em operações da polícia são doados para escola e ONG no Vergel do Lago

A doação é fruto do trabalho realizado no projeto Na Base do Sossego, comandado pela Chefia de Articulação e Prevenção da SSP

O trabalho conjunto que vem sendo realizado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Polícia Militar no bairro do Vergel do Lago vem conseguindo diminuir significativamente as ocorrências de perturbação do sossego, que vinham tirando a paz de moradores. Nessa sexta-feira (16/07), parte dos equipamentos de som apreendidos em operações foram doados a uma escola do bairro e uma ONG.

A doação é fruto do trabalho realizado no projeto Na Base do Sossego, comandado pela Chefia de Articulação e Prevenção da SSP. O projeto atua de forma preventiva e repressiva visitando residências ou estabelecimentos alvo de denúncias de perturbação do sossego e de poluição sonora no Vergel do Lago.

A ação consiste em os policiais militares da Base Comunitária do Vergel do Lago visitarem os endereços com maior número de registros no Comando de Operações Policiais Militares (COPOM) e orientar os indivíduos sobre os possíveis crimes que eles podem estar cometendo dentro das leis de contravenções penais e de crimes ambientais.

Mesmo com todo esse trabalho, alguns endereços acabam sendo reincidentes, o que provocou a apreensão do equipamento e aplicação das penalidades cabíveis. A medida vem surtindo efeito, tanto que no mês de junho as ocorrências reduziram em 51,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior. No ano passado, o 190 recebeu em junho 311 ocorrências e este ano as ligações diminuíram para 153.

Como forma de promover uma ação social, nesta sexta, parte dos equipamentos apreendidos foram doados e a Escola Estadual Capitão Álvaro Victor e a Casa do Idoso receberam um equipamento de som.

Durante a solenidade, a Base Comunitária do Vergel foi contemplada ainda com um computador doado pela SSP e dois tablets, doados pela Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeal). Os equipamentos irão contribuir com a execução do trabalho que vem sendo realizado.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Wellington Bittencourt, parabenizou o 1º Batalhão e os militares da Base Comunitária pelo trabalho que vem sendo desempenhado, destacando a importância de se manterem ações deste tipo, que garantem a proximidade com a população.

“Orgulhem-se da farda que usam e do trabalho que vem desempenhando, pois ele é muito importante. Não tenho dúvidas que ações como esta também contribuem com o trabalho realizado no combate ao crime”, afirmou.

A diretora da escola estadual, Tamires Tavares, que também mora no Vergel e contou que já é possível ver outra realidade nas ruas e que as ações do projeto fizeram reduzir o som alto.

“Ás vezes parecia que não existia pandemia no Vergel e esse trabalho realizado pela Polícia Militar tem sido muito importante e peço que ele continue. Hoje sou grata a corporação e posso dizer que tenho amigos aqui, que me atendem sempre que peço. Vejo até que alunos que hoje se espelham e tem admiração pelos policiais, então só posso agradecer em nome de toda a comunidade”, afirmou.

Estiveram presentes também na solenidade o promotor da 37ª Promotoria de Justiça, Bruno Baptista, o juiz Cláudio Lopes, além do subcomandante do Policiamento da Capital, tenente-coronel Liziário, o comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel Mário Xavier, o chefe de Articulação e Prevenção da SSP, Major Iran Rego, e militares do 1º Batalhão.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS