segunda-feira, 20 setembro, 2021
InícioGeralJustiça decide manter prisão de jovem por morte de namorada mesmo com...

Justiça decide manter prisão de jovem por morte de namorada mesmo com a confissão do assassino em Piranhas

O namorado foi preso como suspeito, porém, após investigações da polícia, o vizinho de Larissa confessou o crime

O Juiz Plantonista Fausto Magno David Alves, manteve à prisão do namorado de Larissa Vitória da Silva, de 20 anos, morta a facadas na última sexta-feira (16/07), em Piranhas no Sertão de Alagoas. O namorado foi preso como suspeito, porém, após investigações da polícia, o vizinho de Larissa confessou o crime.

A informação da prisão do vizinho de Larissa, e da soltura do namorado da vítima, um jovem de 21 anos, foi confirmada pelo comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado na cidade de Delmiro Gouveia, tenente-coronel Anaximandro Tenório, concedeu entrevista à 91 FM na manhã desta segunda-feira (19/07).

Porém, segundo o magistrado, o namorado foi localizado dentro da casa da vítima, tentando cobrir o corpo já sem vida com um lençol. Ainda, apresentava arranhões e marcas causadas por unhas no corpo, devidamente atestados por profissional da medicina.

Tais argumentos, alinhados ao fato de que ele e a vítima mantinham relacionamento amoroso e tinha discutido anteriormente, além da mensagem de texto enviada para a pessoa intitulada como “Dudu”, formaram a base necessária para atestar a periculosidade em concreto, indicando sua apatia à vida e ao saudável convívio social.

A família do jovem está abalada com a posição da justiça, e negou o crime do rapaz.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS