domingo, 3 julho, 2022
InícioGeralJustiça decreta prisão preventiva de mulher que jogou enteado da janela de...

Justiça decreta prisão preventiva de mulher que jogou enteado da janela de apartamento do 4º andar, em Maceió

Ela foi submetida a uma audiência de custódia, na manhã desta terça-feira (24/05), e o juiz Ygor Figueiredo decretou a prisão preventiva

A Justiça alagoana converteu a prisão em flagrante em preventiva de Adriana Ferreira da Silva, a mulher presa por jogar o enteado da janela do apartamento do 4º andar, no Benedito Bentes, em Maceió, nessa segunda (23/05). Ela foi submetida a uma audiência de custódia, na manhã desta terça-feira (24/05), e o juiz Ygor Figueiredo decretou a prisão preventiva.

Adriana foi detida e levada à sede da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, em Chã de Bebedouro, no final da manhã de ontem, e confessou com tranquilidade ter cometido a tentativa de homicídio contra a criança. A madrasta do menino de seis anos discutiu com o esposo por causa de ciúmes e, segundo a investigação inicial, quis se vingar dele e descontou a raiva na vítima menor de idade.

“Portanto, diante do exposto, revelam-se inadequadas as medidas cautelares diversas da prisão, razão pela qual, CONVERTO A PRISÃO EM FLAGRANTE EM PRISÃO PREVENTIVA, em face da custodiada Adriana Ferreira da Silva, cuja medida é necessária para garantia da ordem pública, em face da gravidade do crime, o que faço com fundamento nos artigos 311, 312 e 313 do Código de Processo Penal. Expeça-se o competente mandado de prisão preventiva. Proceda na forma do art. 289-A, do CPP”, mostra decisão.

O delegado Thiago Prado, responsável pelo caso, confirmou, nesta manhã, que houve o pedido da Polícia Civil para a prisão preventiva da suspeita. “Nós pedimos a decretação da prisão preventiva dela. Agora faremos exame de corpo de delito na vítima e intimaremos as testemunhas do fato, além das perícias”, disse à reportagem.

A mulher deve ser encaminhada ao Sistema Prisional de Alagoas e aguardar o desfecho das investigações reclusa em unidade prisional.

Estado de saúde da criança – O Hospital Geral do Estado (HGE) informou, por boletim médico divulgado na manhã desta terça-feira (24/05), que o menor M. A. S. S., de 6 anos, ferido depois de ter sido jogado pela janela do apartamento do 4º andar pela própria madrasta, segue com o quadro clínico considerado estável.

O hospital destacou que o menino segue em observação no setor de Pediatria e não necessita de intervenção cirúrgica. “Ele chegou nessa segunda-feira (23/05), às 2h40, com ferimentos causados por agressão corporal e foi avaliado pela equipe multidisciplinar da Área Vermelha. Seu quadro de saúde permanece estável”, mostra trecho da nota.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS