30.6 C
Arapiraca
Quinta-feira, 25 Abril, 2024

Maceió inicia mutirão de combate à dengue nesta segunda

A Prefeitura de Maceió inicia, nesta segunda-feira (1°), mais uma edição da mobilização Maceió Unida Contra a Dengue, que visa reforçar o combate ao Aedes aegypti, convocando a população a colaborar para conter a transmissão das doenças transmitidas pelo mosquito – dengue, zika e chikungunya.

O último Boletim de Arboviroses da capital trouxe um aumento de 73% dos casos notificados de dengue em comparação ao mesmo período do ano passado.

A chegada das chuvas favorece a proliferação dos criadouros do mosquito, que se reproduz em água parada. Por isso, a Prefeitura de Maceió mobiliza órgãos e secretarias municipais a trabalhar, junto com os moradores, pela redução dos riscos de infecção.

As ações serão intensificadas no período de 1° a 8 de abril, quando serão desenvolvidas atividades de controle do mosquito Aedes aegypti nas residências, pontos comerciais, prédios públicos e pontos estratégicos para a proliferação de criadouros, como borracharias, ferros-velho e galpões de reciclagem.

Nesses locais, agentes de controle de endemias farão inspeção para a identificação de potenciais criadouros, borrifação, eliminação, tratamento e orientação à população, especialmente nos bairros prioritários, onde os últimos levantamentos epidemiológicos apontaram altos índices de infestação do mosquito transmissor e de casos de arboviroses nas últimas quatro semanas.

Nos pontos estratégicos também serão distribuídos materiais educativos para conscientizar a população sobre a importância do combate às arboviroses.

Carmem Samico, gerente de Doenças Transmitidas por Vetores e Animais Peçonhentos do município de Maceió, destaca que a capital realiza de maneira rotineira visitas domiciliares, visando o controle dessas arboviroses.

“Especialmente nesse período do ano, que temos a quadra chuvosa, há um aumento da proliferação desse vetor e identificamos que a maior parte desses criadouros se encontra em imóveis fechados e abandonados