sábado, 25 setembro, 2021
InícioJustiçaMPT e Sebrae firmam convênio para recuperar negócios e empregos nos bairros...

MPT e Sebrae firmam convênio para recuperar negócios e empregos nos bairros atingidos por rachaduras em Maceió

Convênio atende acordo judicial firmado entre o MPT e a Braskem para minimizar os impactos decorrentes da extração de sal-gema

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Alagoas assinaram um convênio, na sexta-feira (25/06), para a execução de um programa de educação empresarial e financeira voltado à recuperação de negócios e empregos nos bairros do Bom Parto, Bebedouro, Mutange e Pinheiro.

O convênio atende a uma das cláusulas do acordo judicial firmado entre o MPT e a mineradora Braskem para minimizar os impactos decorrentes da extração de sal-gema em Maceió.

O “Projeto Empreenda Maceió” oferecerá cursos de capacitação, oficinas, palestras, atendimentos e consultorias, a serem organizados e implementados pelo Sebrae durante o período de 24 meses. A execução do projeto terá o valor total de R$ 700 mil – parte dos R$ 40 milhões depositados pela Braskem no acordo judicial firmado em fevereiro do ano passado.

Durante a assinatura do convênio, realizada na sede do Sebrae, a procuradora do MPT Rosemeire Lobo Lamarca destacou que a parceria entre as duas instituições tem o propósito de proporcionar novas oportunidades e abrir novos espaços de mercado àqueles que foram prejudicados pelas rachaduras. Rosemeire ressaltou que a iniciativa busca promover justiça social.

“Que essa parceria entre o MPT e o Sebrae seja um marco para as pessoas que precisam começar e recomeçar. Porque elas não acreditavam que pudessem empreender, quando empreender é pensar, criar e buscar recursos. Espero que as duas instituições, por meio desse convênio, possam concretizar essa justiça social, essa abertura de oportunidades para todos”, afirmou.

A procuradora ressaltou a importância de, também, dar atenção ao empreendedorismo como forma de equilibrar a iniciativa e o valor social do trabalho. “Cabe ao Ministério Público, como defensor da ordem jurídica trabalhista, ajudar a equilibrar a livre iniciativa e o valor social do trabalho, previstos na constituição. E o MPT ajuda a equilibrar essa ordem quando volta a atenção, também, para o empreendedorismo”, completou.

Também presente na solenidade, o diretor superintendente do Sebrae Alagoas, Marcos Vieira, agradeceu ao MPT pela confiança ao firmarem o convênio e afirmou que os recursos revertidos do acordo darão condições para o Sebrae continuar oferecendo soluções em favor do empreendedor.

“Queremos agradecer a confiança do MPT no Sebrae, trazendo-nos condições de minimizar o drama dessas pessoas, sobretudo de empresários, que perderam o vínculo empresarial com seus clientes e terão que conquistar novos consumidores. O Sebrae já vinha trabalhando desde 2019 procurando ajudar nessa tarefa de minimizar esses problemas e, com esses recursos, iremos continuar oferecendo à população uma série de soluções que temos na área de capacitação e consultorias”, explicou.

Serão oferecidas capacitações e consultorias em diversas áreas, dentre elas marketing digital, vendas, liderança, atendimento ao cliente, finanças, Instagram para negócios, gastronomia, beleza e outros. A previsão é de que as atividades tenham início no próximo mês de julho e terminem em junho de 2022.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS