07/10/2019 às 08h36min - Atualizada em 07/10/2019 às 08h36min

Teotônio Vilela e Junqueiro renovam nomes do Conselho Tutelar; confira eleitos

Em Junqueiro, conselheiro perdeu reeleição por apenas um voto

Luciano Amorim
Reprodução
O Conselho Tutelar de Teotônio Vilela conheceu, já na madrugada desta segunda (07/10), os novos representantes eleitos no domingo, que vão defender os direitos das crianças e adolescentes vilelenses no quadriênio 2020 – 2023. Das cinco vagas disponíveis, duas serão ocupadas por novos conselheiros, e três deles conseguiram a reeleição.

O mais votado no pleito é também o mais longevo conselheiro do município. O comerciante Renildo Idalino obteve 1016 votos e irá exercer a função pela terceira vez seguida – este ano houve uma alteração no ECA que permitiu a segunda reeleição consecutiva para conselheiros. Outro reeleito na cidade é Neto Braz, que com 648 votos terminou a disputa na 3ª colocação. E a única mulher conselheira eleita é a comerciante Kelly Felix, que foi reconduzida à função com 643 votos.

Os novos eleitos na disputa são o ex-agente de trânsito Leandro Batista (Léo), que conseguiu 886 votos, ficando em segundo lugar no geral. E o radialista da Menestrel FM, rádio comunitária da cidade, João Ulisses, que obteve 624 votos. Ele ficou a apenas oito votos de Alex da Guarda, que teve 618 e ficou na primeira suplência.

Dentre os que buscavam a reeleição, o único que não conseguiu êxito foi Claudemir Calixto, que ficou na 10ª posição no geral, com 265 votos.

Confira o resultado final para o Conselho Tutelar de Teotônio Vilela:

Titular:
1° Renildo – 1016 votos;
2° Léo – 886 votos;
3° Neto – 648 votos;
4° Kelly – 643 votos;
5° João Ulisses – 624 votos.
 
Suplentes:
6° Alex – 618 votos;
7° Sérgio – 363 votos;
8° Silvano – 359 votos;
9° David – 322 votos;
10° Claudemir – 265 votos.
 

Junqueiro

Na vizinha Junqueiro, as eleições ocorreram em clima de tranquilidade, e os eleitores puderam exercer seu direito de voto na Escola Padre Aurélio Góis, no centro da cidade. Das cinco vagas disponíveis, duas serão ocupadas por candidatos reeleitos, e três serão conselheiros tutelares pela primeira vez.

O fato curioso na cidade foi a não-recondução ao cargo do conselheiro Luiz, que perdeu a última vaga por apenas um voto para o novato Ivaldo.

Confira o resultado final:

Titular:
1° Keiton – 752 votos;
2° Liliane – 646 votos;
3° Ubiratan – 484 votos;
4° Bilu – 409 votos;
5° Ivaldo – 397 votos.
 
Suplentes:
Luiz – 396 votos;
Vanessa – 350 votos;
Deivison – 327 votos;
Klebinho – 326 votos;
Sidevaldo – 215 votos;
Helisson – 79 votos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »