08/10/2019 às 11h05min - Atualizada em 08/10/2019 às 11h05min

Show da cantora Marília Mendonça termina em 'arrastão' em Belo Horizonte

O suspeito foi preso e a vítima, levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII

Da Redação - com G1
Reprodução
Um arrastão marcou o fim do show da cantora Marília Mendonça, na noite desta segunda-feira (07/10), no Centro de Belo Horizonte. A apresentação surpresa e aberta ao público faz parte do projeto "Todos os Cantos", em que a cantora da sofrência sertaneja grava uma música inédita em cada capital do país. Em Belo Horizonte, foi a vez da gravação de "Graveto".

O tumulto começou em frente ao palco, já no fim do show. Milhares de pessoas que assistiam à apresentação deixaram o local às pressas. Desesperadas, elas correram pelas ruas. A Polícia Militar (PM) informou que não divulga o número de pessoas que estiveram presentes, mas um relatório da corporação registrou que o evento havia sido autorizado e liberado pela polícia para um pico de 15 mil pessoas e que a apresentação reuniu "um público muito além do previsto".

Um laudo de vistoria do Corpo de Bombeiros foi feito às 12h48 desta segunda-feira (07/10) na Praça da Estação. No documento, está descrito que o público esperado para o show era de 15 mil pessoas, com entrada controlada pela organização do evento com contagem manual e distribuição de pulseiras.

O sistema preventivo instalado para o show estava de acordo com a legislação de prevenção contra incêndio e pânico, com as instruções técnicas do Corpo de Bombeiros e com o projeto técnico para eventos temporários. Diante deste quadro, o show foi liberado. A polícia fez a escolta da cantora do hotel até a Praça da Estação, antes da apresentação, e depois, no caminho de volta para o hotel.

Antes de o show começar, um homem foi esfaqueado em um bar ao lado da Praça da Estação. De acordo com a Guarda Municipal, o suspeito foi preso e a vítima, levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Segundo a PM, várias pessoas registraram boletins de ocorrência de furtos e roubos.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »