07/11/2019 às 17h18min - Atualizada em 07/11/2019 às 17h18min

Moradores da Primavera reclamam de abandono da Arapiraquinha no bairro

Segundo relatos, o prédio está abandonado e servindo de ponto para ações ilícitas

Da redação - com Jânio Barbosa
Foto: Jânio Barbosa - NN1
A equipe de reportagem do Portal NN1 atendeu a um chamado na manhã desta segunda-feira (04/11), de moradores do bairro Primavera, em Arapiraca. Eles reclamam do fechamento e abandono da estrutura da Biblioteca Digital Professor Erasmo Soares, a popular ‘Arapiraquinha’, que há mais de um ano sofre com o fechamento e o vandalismo. O complexo, que além da biblioteca digital e espaço de leitura, tinha também uma praça, está fechado.

No local, a reportagem registrou um cenário de muito entulho, vidros quebrados, instalação elétrica danificada e muito mato ao redor de toda a estrutura. Objetos imóveis que poderiam ser reaproveitados em outros prédios públicos, como portas de vidro e um aparelho de ar condicionado foram deixados no local. A comunidade diz ainda que não há vigilância, e o prédio acaba servindo como ponto de consumo de drogas e outros atos ilícitos.

A Arapiraquinha do bairro primavera foi a quarta do projeto a ser entregue à população, em 2012. Em 2018, já fechada, parte do teto do prédio desabou, deixando o local ainda mais vulnerável. Antes de ser construída, o terreno era um depósito de lixo, quando o terreno foi adquirido pela prefeitura e revitalizado.

A assessoria da Secretaria Municipal de Educação, órgão que herdou a gestão das Arapiraquinhas, informou em nota que que o Projeto de recuperação total da Arapiraquinha do bairro Primavera já foi concluído e está no cronograma de reformas do Município. A reforma vai contemplar toda estrutura, incluindo a parte elétrica e hidráulica. O projeto, que está pronto, aguarda apenas as questões burocráticas para ser executado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »