08/11/2019 às 06h53min - Atualizada em 08/11/2019 às 06h53min

Com helicóptero, operação integrada cumpre 19 mandados de busca e apreensão em Arapiraca

Três pessoas já foram levadas para a Central de Polícia Civil

Da Redação - com Jânio Barbosa
Foto: Jânio Barbosa - NN1
Na manhã desta sexta-feira (08/11), foi desencadeada uma operação integrada entre a Polícia Civil e Militar de Arapiraca, em cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão. A ação aconteceu logo nas primeiras horas da manhã.

A operação, sob coordenação do Delegado Dr. Mário Jorge juntamente com o comando do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) já conduziu três pessoas para a Delegacia Central de Polícia Civil, no bairro Baixão e apreendeu mais de R$ 1.760 reais em espécie. Os mandados foram expedidos pela 17ª Vara Criminal.

Helicóptero também está sendo usado em rondas pelo centro e outras localidades do município. E a operação ainda está em andamento. 

Em coletiva de imprensa, o Cel. Palmeira falou sobre a operação que iniciou por volta das 5h. “São alvos que a gente já vem trabalhando há algum tempo e cumprimos por volta de 15 mandados de busca e apreensão, resultando em três flagrantes que estão sendo feitos lá na Central”.

“Outras operações dessa virão, essa é a parte visível porque muitas coisas estão sendo trabalhadas em silêncio. É uma necessidade esse cumprimento dessas operações para que a gente dê essa resposta à população e trabalhando de forma integrada”, completou.

O delegado Dr. Mário Jorge frisou o apoio a necessidade do apoio da população. “Foi uma operação em conjunto entre a Polícia Civil, pela Regional de Arapiraca, GPJ3 e a Denarc, com o 3º BPM e isso é resultado de um trabalho investigativo e não devemos esquecer da importância da sociedade arapiraquense nessas investigações, através de denúncias”.

“Ajude a polícia, ligue para o 181, denuncie. Então você que sabe onde tem uma oficina, um desmanche, que mexe com peças roubadas, estabelecimentos que receptam carga roubada denuncie, porque só existe o ladrão porque existe o comprador”, disse ele.

A operação foi integrada e contou com a participação da Polícia Civil, representada pelo Denarc, Tigre, Asfixia, Oplit, GPJ3, e Delegacia Regional de Arapiraca. Sendo acompanhada pelo delegado Mario Jorge, e militares do 3° BPM, comandado pelo Tenente Coronel Palmeira, além do Grupamento Aéreo.





 
Notícias Relacionadas »
Comentários »