13/11/2019 às 08h43min - Atualizada em 13/11/2019 às 08h43min

Ex-roupeiro da Seleção Brasileira faz vaquinha para tratar câncer

Rogelson Barreto, de 61 anos, foi diagnosticado recentemente com a doença e desenvolveu também a síndrome de fournier

Jânio Barbosa - com Lance
Rafael Ribeiro / CBF
Roupeiro da Seleção Brasileira por quase 30 anos, Rolgelson Barreto passa por situação complicada nas últimas semanas. Diagnosticado com câncer no reto, que ocasionou a Síndrome de Fournier, o carioca de 61 anos já passou por três cirurgias, mas não tem condições financeiras para arcar com todo o tratamento, que gira em torno de 150 mil reais. O filho do roupeiro, Bernard Arthur, fez uma vaquinha online para ajudar o pai.

"Meu pai foi diagnosticado com câncer de reto, fez fístula intestinal e desenvolveu Síndrome de Fournier, passando por 3 cirurgias até o momento. Hoje ele está internado no hospital municipal de Maricá e luta contra o tempo para se recuperar. O SUS é lento e não podemos esperar. A chance dele não é grande, mas com rapidez aumentará. Precisamos muito de sua ajuda para iniciarmos o tratamento o quanto antes. Muito obrigado", escreveu Bernard no Instagram.

Barreto foi contratado como roupeiro da Seleção em 1987 e passou a viajar com elenco a partir de 1992. O carioca participou das conquistas das Copas do Mundo de 1994 e 2002, mas foi dispensado em 2014, após o Mundial no Brasil.

Após deixar a comissão da Seleção, Barreto trabalhou duas vezes como roupeiro do Boavista-RJ, em períodos sazonais, e atualmente está desempregado.

Vaquinha online para o ajudar no tratamento de Rogelson Barreto
Notícias Relacionadas »
Comentários »