13/11/2019 às 11h12min - Atualizada em 13/11/2019 às 11h12min

Pescador tem parte do braço dilacerado por ataque de piranhas em Junqueiro

Caso aconteceu na lagoa do Retiro, zona rural da cidade

Da redação
Cortesia ao NN1
Um homem residente em Teotônio Vilela foi atacado por piranhas ao pescar na lagoa do retiro, zona rural de Junqueiro, no agreste alagoano. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (12/11), quando um grupo de pescadores de Junqueiro e Teotônio Vilela estavam no local.

Segundo informações de testemunhas, os pescadores se espalharam em distintas áreas da lagoa, quando Cristiano José dos Santos, de 27 anos, entrou na água sem os equipamentos de segurança, sendo atacado instantaneamente por um grupo de piranhas. O pescador teve parte do tecido do braço dilacerado pelos animais.

Cristiano foi socorrido à Unidade Mista Nossa Senhora das Graças, em Teotônio Vilela, onde recebeu os primeiros atendimentos, e foi encaminhado ao Hospital de Emergência do Agreste (HEA) em Arapiraca. Seu estado de saúde não foi divulgado.

Conforme pessoas da comunidade do Retiro, zona rural de Junqueiro, ouvidas pelo Portal NN1, a pesca foi liberada recentemente na lagoa, levando muitos pescadores ao local. Esse movimento levou também pessoas que não são qualificadas para a pesca, levando a ocorrências desse tipo, que segundo moradores não é incomum. “Tem gente que entra a pé, a nado, sem roupa, sem nada, e dá nisso”, disse um pescador que não quis se identificar.
Notícias Relacionadas »
Comentários »