19/01/2020 às 14h44min - Atualizada em 19/01/2020 às 14h44min

​Explosão antes de show de Dilsinho deixa quatro feridos

Cilindro de gás carbônico usado em efeitos especiais explodiu

Da Redação - com G1
Reprodução
A explosão de um cilindro de gás carbônico antes do show do cantor de pagode Dilsinho, deixou quatro pessoas feridas na madrugada deste domingo (19/01) em um clube de Indaiatuba (SP). As vítimas estavam em frente ao palco e dois homens tiveram ferimentos graves. Outras duas mulheres tiveram lesões leves.

Uma das vítimas, um homem de 24 anos, foi encaminhada ao Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), passou exames e avaliação da equipe médica e permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva. A outra vítima, um homem de 30 anos, foi internada no Hospital Santa Ignês. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

O acidente aconteceu em uma casa de show no Clube Nove de Julho, no bairro Cidade Nova, durante a apresentação de um DJ que abria a noite do evento. Segundo informações do boletim de ocorrência, o cilindro de gás carbônico que explodiu estava em uma máquina ao lado do palco e seria usado para efeitos especiais de fumaça.

A Polícia Militar foi acionada à 00:50 e a perícia esteve no local para verificar o que causou a explosão. Uma equipe dos bombeiros do clube atendeu os feridos.

De acordo com a assessoria do clube, o local tem todos os documentos e vistorias do Corpo de Bombeiros e o espaço foi locado por uma produtora. Informou ainda que o equipamento que explodiu era do músico que faria a segunda apresentação da noite, o DJ Guuga, que abriria o show do pagodeiro.

Após a explosão, uma equipe dos bombeiros vistoriou os equipamentos no palco, esvaziou os outros cilindros e autorizou a continuação do evento, disse o clube. O DJ Guuga se apresentou, mas Dilsinho não subiu ao palco e cancelou a apresentação. Os equipamentos do cantor também foram danificados.

No Instagram, Dilsinho lamentou o ocorrido e disse estar assustado. Ele afirmou que vai fazer um novo show na cidade.

"Foi uma explosão muito grande, eu ouvi do camarim e todos nós ficamos assustados naquele momento. Soube que tiveram quatro vítimas, ainda não sei o estado dessas pessoas, mas vou procurar saber [...]. Estou mexido com o que aconteceu e não estaria 100% para fazer o show hoje para vocês [...]. Peço desculpas para quem estava no show, os ingressos estavam praticamente esgotados. A responsabilidade não era nossa, as empresas que trabalham com a gente há muitos anos são muito sérias [...]. A gente vai ter uma nova data para se encontrar em Indaiatuba", disse.
Notícias Relacionadas »
Comentários »