25/01/2020 às 16h01min - Atualizada em 25/01/2020 às 16h01min

​Chega a 14 o nº de mortos pela chuva em MG; 2,5 mil pessoas estão desalojadas

Em 24 horas, o acumulado de chuva chegou a 171,8 milímetros em Belo Horizonte

Da Redação - com G1
Reprodução/Globocop
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (25/01), que 14 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingem o estado nos últimos dias.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, há sete feridos, 2.590 desalojados e 911 desabrigados.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgar Estevo, afirmou que houve mortes em Belo Horizonte, Ibirité e Betim. Ele não detalhou, entretanto, o número de mortes por cidade. Ainda de acordo com o coronel, os óbitos ocorreram em deslizamentos de terra e soterramentos.

No total de 3.375 pessoas foram atingidas diretamente pela chuva. Trinta e seis municípios foram afetados em todas as regiões do estado, sendo a Leste e a Grande BH as mais prejudicadas.

Mais cedo, a sala de imprensa do Corpo de Bombeiros disse que duas pessoas morreram em um soterramento na Vila Bernadete, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Nesta sexta-feira (24/01), a corporação também registrou outras três mortes por causa da chuva em Ibirité, na Região Metropolitana, onde as buscas seguem por uma mulher.

Segundo os bombeiros, nesta manhã, as buscas também continuam na Vila Bernadete. Ainda não foi divulgado o número total de desaparecidos no local. De acordo com os militares, moradores disseram que seis casas teriam desabado.

Os bombeiros também trabalham no bairro Jardim Alvorada, onde cinco pessoas são procuradas sob escombros. De acordo com o coordenador-adjunto da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, tenente-coronel Flávio Godinho, informações preliminares dão conta de que são três crianças e dois adultos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »