07/04/2020 às 16h57min - Atualizada em 07/04/2020 às 16h57min

​Alemanha transforma avião em hospital móvel para buscar doentes na Itália

País tem conseguido controlar contágio em suas terras, e envia o dispositivo para ajudar país vizinho

Da Redação - com Razões para Acreditar
Foto: Reprodução/Twitter @landnrw
Ao longo das últimas semanas, temos visto empresas e instituições do mundo todo oferecendo serviços gratuitos e doações para as pessoas atingidas direta ou indiretamente pela pandemia de Covid-19.
 
A rede de solidariedade se estende entre países também.
 
No final do mês passado, o governo da Alemanha anunciou a adaptação de um avião Airbus A310, que foi convertido em um grande hospital móvel aéreo para socorrer infectados com o coronavírus na Itália.
 
“Em tempos de maior necessidade, é desnecessário dizer que apoiamos nossos amigos… É por isso que agora estamos trazendo pacientes gravemente doentes da Itália para a Alemanha para tratamento com a nossa unidade de terapia intensiva da Força Aérea Alemã. É um importante sinal de solidariedade. A Europa tem que ficar unida”, disse Annegret Kramp-Karrenbauer, ministra da Defesa alemã.
 
A Força Aérea Alemã (Luftwaffe) comandou o avião adaptado – que tem capacidade para até 280 passageiros – voando até a cidade italiana de Bergamo, bastante atingida pelo vírus, onde recebeu seis pacientes que precisavam de terapia intensiva.
 
A aeronave retornou para a Alemanha, pousando na cidade de Colônia. Os seis pacientes foram encaminhados para vários hospitais da região.
 
De acordo com o portal Metro News, vários governos estaduais alemães estão oferecendo seu aparato médico para ajudar outros países abarrotados de doentes, como a Itália e a França.
 
O Airbus adaptado conta com equipamentos médicos de última geração e médicos voluntários preparados para qualquer tipo de procedimento, exceto cirúrgico. Além das 6 unidades de terapia intensiva (UTI), há 38 leitos regulares que podem ser utilizados.
 
Ele deve continuar em operação pela União Europeia até que a pandemia perca força, o que felizmente já vem acontecendo em alguns países, como a Itália e a Espanha.
Notícias Relacionadas »
Comentários »