08/04/2020 às 17h21min - Atualizada em 08/04/2020 às 17h21min

​Defensoria Pública recomenda que Arapiraca distribua merenda escolar durante quarentena

A instituição propôs que a Secretaria de Educação elabore a distribuição de kits de alimentos

Da Redação - com Defensoria Pública de Alagoas
Foto: Reprodução/Prefeitura de Arapiraca
O defensor público Henio Ferreira Miranda Júnior recomendou, à Secretaria de Educação do Município de Arapiraca, a continuidade do fornecimento de merenda aos estudantes da rede pública municipal, enquanto as aulas estiverem suspensas em razão do isolamento social, adotado para combater a propagação do coronavírus – Covid 19.
 
A solicitação, entregue nessa terça (07/04), indica que o Município elabore um cronograma e promova a distribuição de kits de alimentos aos estudantes, semanal ou quinzenalmente, evitando ao máximo a formação de aglomerações e exposição das crianças e familiares ao coronavírus.
 
Na recomendação, o defensor público relembra que muitas famílias contam com a refeição que seus filhos fazem na escola e não têm condições de arcar com o aumento de despesa de alimentação do período em que os filhos permanecerão em casa.
 
“A merenda escolar é, em muitos casos, a principal refeição de que dispõe milhares de crianças, adolescentes e jovens estudantes. Além disso, muitos pais e responsáveis exercem atividade laborativa autônoma, sem formalidade, e não têm, dentro de seus núcleos de apoio, pessoas fora do grupo de risco para deixar seus filhos e que, por esta razão, terão uma perda econômica significativa, gerando reflexos na subsistência da família e da economia”, pontua.
Notícias Relacionadas »
Comentários »