20/06/2020 às 15h31min - Atualizada em 20/06/2020 às 15h31min

Arapiraca amplia atendimento à população com síndromes gripais nas unidades de saúde

Das 40 unidades de saúde do município, 36 já estão adaptadas para o atendimento dos sintomáticos gripais

Da Redação - com Assessoria
Foto: Reprodução
A população de Arapiraca, além da Unidade Sentinela, no 3º Centro, e os Centros de Síndromes Gripais, localizados no Cria e no 5º Centro de Saúde, que realizam atendimentos a casos suspeitos de coronavírus, também conta com o serviço das unidades de Saúde, que estão estruturadas e realizando atendimentos a esses usuário.

O trabalho da Prefeitura de Arapiraca, através da secretaria Municipal de Saúde, visa descentralizar os atendimentos, facilitar o acesso da população a esse serviço de saúde e agilizar a identificação de casos suspeitos de coronavírus. Das 40 unidades de saúde do município, 36 já estão adaptadas para o atendimento dos sintomáticos gripais.

Para acolher o serviço, além da capacitação do quadro de servidores, a estrutura física precisou ser adaptada, respeitando o protocolo para o atendimento à população, respeitando as recomendações da Organização Mundial de Saúde, a exemplo de uso de EPI, distanciamento social e higienização.

Os profissionais de cada Unidade Básica de Saúde participaram de capacitação, a fim de identificar e encaminhar os casos suspeitos de Covid-19 para o teste rápido, que está sendo realizado na Unidade Sentinela e nos Centros de Síndromes Gripais –  Cria e no 5º Centro de Saúde.

“A partir da oferta deste serviço nas unidades de saúde, facilitamos a vida do usuários, que contam com atendimento na sua comunidade e também desafogamos o fluxo de pessoas na Unidade Sentinela e Centros de Síndromes Gripais. Somente os casos suspeitos de coronavírus são encaminhados direto para a testagem. Assim, agilizamos o processo e podemos iniciar o tratamento de casos confirmados, logo no início dos sintomas”, destacou a enfermeira Lousanny Caires, coordenadora de Saúde da Criança e assessora técnica da Atenção à Saúde.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »