26/06/2020 às 14h23min - Atualizada em 26/06/2020 às 14h23min

PC prende suspeito de homicídio foragido de Alagoas há 17 anos

Idoso foi localizado em Minas Gerais, após trabalho de inteligência

Da Redação - com PC/AL
Foto: Reprodução/Ascom
Policiais civis da Delegacia Regional de Delmiro Gouveia (1ª DRP) e da Gerência de Polícia Judiciária da Região (GPJ-4) realizaram investigação que levou à prisão de um homem foragido há 17 anos da Polícia Civil e do Poder Judiciário do Estado de Alagoas.
 
O suspeito pelo homicídio que matou Pedro Lourenço da Silva, conhecido como “Pedro Curador”, a golpes de faca, no dia 13 de março de 2003, em Delmiro, estava residindo no município de Belo Horizonte, em Minas Gerais.
 
Atualmente com 72 anos e após passar 17 anos foragido, o suspeito foi identificado e localizado através de um trabalho de inteligência da Polícia Civil de Alagoas desenvolvido na Delegacia Regional de Delmiro Gouveia e coordenado pelos delegados Daniel Mayer, titular da 1ª DRP, Carlos Reis, gerente da Gerência de Polícia Judiciária da Área 4 (DPPJ-4), e pelo Chefe de Inteligência da 1ª DRP, agente Cyro Jorge.
 
A prisão aconteceu após troca de informações entre a Inteligência do Alto Sertão, da Polícia Civil de Alagoas, e Delegacia Especializada Antissequestro da Polícia Civil de Minas Gerais.
 
O acusado foi localizado e preso no município de Belo Horizonte (MG) e está à disposição da Justiça alagoana.
 
O delegado regional de Delmiro Gouveia enalteceu o apoio do delegado-geral Paulo Cerqueira, e do gerente do DPJ-4, Carlos Reis, pois ambos têm proporcionado e incentivado o desenvolvimento de ações de combate à criminalidade no Alto Sertão de Alagoas.
Notícias Relacionadas »
Comentários »