29/07/2020 às 14h23min - Atualizada em 29/07/2020 às 14h23min

Pacientes de outros municípios contam com trabalhos da Casa de Apoio Café e Acolhimento em Arapiraca

Localizada no bairro Brasília, a casa oferece hospedagens, com 5 alimentações diárias, internet e transporte.

- Da redação com Eduardo Cardeal
Foto: Casa de Apoio Café e Acolhimento

Os pacientes que residem na região do agreste, e que realizam tratamento de câncer na cidade de Arapiraca, além de sua própria perseverança na busca pela restituição da saúde, podem contar com mais um apoio no enfrentamento da doença, que impõe diversas dificuldades aos portadores da enfermidade, seja pela fragilidade imposta por sessões de quimio e radioterapia, ou até mesmo pelo cansaço em virtude das viagens, realizadas por pacientes que moram em outros municípios. Trata-se da casa de Apoio Café e Acolhimento, localizada na Rua Santa Rita 655 no bairro Brasília. A casa oferece hospedagens com 5 alimentações diárias, internet e transporte.

 

Segundo explica o professor Sávio, a Casa nasceu há cinco anos atrás a partir da ideia de Maxuel Lúcio. “Naquela ele já via o sofrimento das pessoas mais carentes. É difícil você fazer um tratamento de câncer, é muito doloroso tomar quimioterapia, tomar radioterapia. E minha filha também era portadora de câncer. Então a casa surgiu dessa ideia de Maxuel e da Graciela, para que amenizasse o sofrimento dessas pessoas quem veem aqui a Arapiraca para fazer oi tratamento de câncer”, explicou Sávio.

 

Além das hospedagens, refeições, internet e transporte, a Casa conta com nutricionista e com a psicóloga Lélia Lúcio. Além de destacar o serviço de transporte, Sávio também ressalta a gratuidade do serviço.

 

“Uma outra coisa que oferecemos, transporte. O CHAMA fica na AL, então nós temos o transporte que vai buscar os pacientes. Outra coisa que gosto de colocar quando dou uma entrevista é que tudo é de graça. É a sociedade de Arapiraca, o povo em geral que mantém esta casa. Então a pessoa que vem fazer um tratamento aqui em Arapiraca – normalmente são pessoas carentes – a gente dá todo esse suporte, tanto de alimentação e psicológica, como da parte jurídica”, ressalta Sávio.

 

Segundo ele, os pacientes portadores da doença, muitas vezes, precisam de assessoria jurídica para entrar com ações, a fim de adquirir remédios, ou até mesmo, para conseguir aposentadorias. 

Os interessados em receber a atenção da Casa de Apoio Café e Acolhimento devem entrar em contato com setor de oncologia do Hospital Chama. Segundo Sávio, é necessário a presença de um acompanhante com o paciente diariamente. O número para conta é 82 996 34 1560.

Notícias Relacionadas »
Comentários »