31/07/2020 às 12h46min - Atualizada em 31/07/2020 às 12h46min

Covid-19: Teotônio Vilela fecha mês de julho com 17 mortos e mais que o dobro de infectados

Número de testados não foi informado pela secretaria de saúde do município

- Claudemir Calixto
Foto: cortesia
Segundo dados do Boletim Epidemiológico da cidade de Teotônio Vilela, divulgado nesta quinta-feira (30/07), o município mais que duplicou o número e infectados, e perdeu 17 pessoas para doença, nos últimos 30 dias. Os números são preocupantes, uma vez que, desde o início da pandemia, até o dia 30 de junho, a cidade tinha registrado 09 óbitos. Os dados dos últimos 10 dias apontam um número ainda mais preocupante: um vilelense morto a cada 24 horas.
 
As primeiras ações do governo municipal aconteceram cedo, em relação a outros municípios. No dia 18 de março de 2020 o prefeito Joãozinho Pereira anunciou a suspensão de todas as aulas da rede pública municipal.

Aquela era a primeira medida de diversas que se seguiram, como a proibição de comerciantes na feira livre do município, mudanças dos locais e dia de realização da mesma – de domingo para sábado – entre outras medidas com o objetivo de não permitir a entrada de outros comerciantes no município, e promover o distanciamento social entre as pessoas. Mas, as determinações ainda não parecem ter sido o suficiente para conter o avanço da doença na cidade.

Apesar de o poder público continuar atuando diariamente no combate à doença – montou barreiras sanitárias em todas as entradas da cidade, com aferição da temperatura corpórea, desinfecção diária de locais públicos como bancos, estabelecimentos comerciais e praças, empresas de serviços essenciais que continuaram atendendo no período de fechamento da economia; fiscalização dos cumprimentos de decretos que recomendam o uso de máscaras; toque de recolher entre as 21:00 horas até as 04:30 da manhã, entre outras ações – os números continuaram crescendo.
 
A situação do município comprova o crescimento dos casos da doença no interior do estado, e acende uma luz vermelha em torno da Fase Laranja, anunciada no último decreto do governo estadual, e que liberou o funcionamento de quase todo o comércio em Alagoas.
 
Os 1.032 casos confirmados da doença em Teotônio Vilela, divulgados nesta quinta-feira (30/07), foram alcançados no período em que nem o comércio local, nem o Sistema de Transporte Complementar de Passageiros – que promovem a circulação de pessoas no comércio da cidade da região – funcionavam.

Dessa forma, parece evidente que o entendimento da população sobre a seriedade do problema e sua conduta frente as restrições impostas, deve ser um dos fatores que determinará a permanência da reabertura gradual da economia, e, sobretudo a manutenção das atividades econômicas.
 
Dados do último Boletim Epidemiológico
 
Conforme divulgado através do Boletim Epidemiológico 
desta quinta-feira (30/07), os casos descartados da doença são 942. Já o número de infectados totalizam 1.032 casos. As pessoas que apresentam suspeita de terem contraído a covid-19 são 49, e os hospitalizados somam 05. O número de vilelenses curados do coronavírus é de 754 pessoas. A cidade perdeu, até agora, 25 pessoas para a doença.
 
O último Boletim Epidemiológico com os dados por UBS, não foi encontrado por nossa equipe nas redes sociais da prefeitura, nem no site do governo municipal. Nós também solicitamos a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do município, as informações sobre os números de testados na cidade. Porém, a informação foi negada. Segundo a assessoria, os dados – ainda que de interesse público – só podem ser repassados mediante “requerimento sobre as informações desejadas. Encaminhado para a secretária de saúde”.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »