31/07/2020 às 14h56min - Atualizada em 31/07/2020 às 14h56min

​Candidatos ao Enem 2020 terão que usar máscaras desde a entrada até a saída, segundo novo edital do MEC

Caso se recuse a usar máscara, o candidato poderá ser eliminado

Da Redação - com G1
Foto: André Melo Andrade/Myphoto Press/Estadão Conteúdo
O Ministério da Educação (MEC) publicou uma retificação ao edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, em que afirma que os candidatos terão que usar máscaras desde a entrada nos estabelecimentos da prova até a saída, tanto na prova impressa quanto na digital.
 
Os participantes poderão levar máscara reserva para trocar durante a aplicação. Caso se recuse a usar máscara, o candidato poderá ser eliminado. A publicação está no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (31/08).
 
Ao todo, 5,8 milhões de candidatos estão inscritos. Destes, 96 mil farão a prova digital. Além do uso de máscaras, o edital cita o respeito ao distanciamento quando o candidato for apresentar-se na sala de aplicação da prova.
 
O edital do Enem foi atualizado para alterar a data de realização do exame, já divulgada anteriormente. Em vez de novembro, como estava previsto antes da pandemia, a prova será feita em janeiro e fevereiro, com resultados divulgados em março (veja cronograma abaixo).
 
  • Provas impressas: 17 e 24 de janeiro, para 5,7 milhões inscritos;
  • Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para 96 mil inscritos;
  • Reaplicação da prova: 24 e 25 de fevereiro (para pessoas afetadas por eventuais problemas de estrutura);
  • Resultados: a partir de 29 de março.
Notícias Relacionadas »
Comentários »