08/08/2019 às 06h34min - Atualizada em 08/08/2019 às 06h34min

VÍDEO - Com balas de borracha, polícia encerra manifestação de estudantes em Arapiraca

Estudantes saíram às ruas do centro de Arapiraca

Da redação - Com Cláudio Barbosa
Cortesia ao NN1
Alunos do programa de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) se reuniram na noite desta quinta-feira (07/08), em protesto pela proibição do uso do transporte escolar fornecido pelo estado. Os estudantes percorreram algumas ruas do Centro de Arapiraca na tentativa de sensibilizar o governo.

De acordo com alguns estudantes, o governo do estado proibiu que motoristas dos ônibus escolares transportassem alunos do EJA, mas que o transporte está autorizado apenas para estudantes do ensino médio.

Em áudios que circulam pelas redes sociais, os manifestantes reclamam da abordagem policial. “A polícia acabou de chegar aqui atirando na gente, com bombas de efeito moral e colocou todo mundo para fora da rua, abordaram um monte de alunos, estão agredindo os alunos e ainda atirando para cima”, falou uma participante da passeata.

Em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), foi passada a informação de que, com as férias do vice-governador Luciano Barbosa, Laura Souza está a frente da pasta. “A questão do transporte para o EJA, não tem relação com ensino integral. O que esta assessoria pode dizer é que a Seduc está buscando alternativas para resolver o problema”, concluiu.

Através da sua assessoria de imprensa, a Polícia Militar justificou os disparos como forma de conter alguns estudantes. "Alguns manifestantes estavam um pouco alterados, provocando balbúrdia, então para conter os ânimos foram efetuados alguns disparos de elastômero (popular tiro de borracha) para conter os mais exaltados. Claro nem todos estavam ali para bagunçar, mas alguns foram provocar e bagunçar, acabaram tendo uma resposta à altura".



Veja vídeo da manifestação:


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »