13/08/2019 às 09h45min - Atualizada em 13/08/2019 às 09h45min

Diretora da UFAL Arapiraca fala sobre demissão de terceirizados: 'Não temos nada de oficial'

Eliane Cavalcanti foi entrevistada no programa NN Entrevista desta terça (13/08)

Da Redação
Luciano Amorim - NN1
Em pleito realizado na última semana, a Universidade Federal de Alagoas elegeu uma nova equipe para a reitoria: venceu a Chapa 1 (Ufal Mais), encabeçada pelo professor Josealdo Tonholo, e tendo como vice a diretora do campus Arapiraca, professora Eliane Cavalcanti, entrevistada desta terça (13/08) no programa NN Entrevista da Rádio Nordeste.

Eliane comentou a vitória ao lado de Tonholo, “Esse processo eleitoral, apesar de curto, é muito agitado, com menos de 30 dias para visitar toda a comunidade. Foi um período que teve uma concorrência muito grande, quatro chapas para um único pleito. Conseguimos, em primeiro turno, o êxito de mais de 50% dos votos válidos da comunidade, nos três segmentos, tanto em docentes, quanto técnico, quanto estudantes. Isso para a gente é uma satisfação muito grande, porque construímos um coletivo de propostas, com pessoas de diferentes frentes, mas com um único objetivo, que é o desenvolvimento da instituição. Palanque desarmou, agora vamos trabalhar”.

 
Hospital Universitário

A gestora comentou a possibilidade de construção de um hospital universitário para o campus da Ufal em Arapiraca. “Esse projeto caiu como uma luva na nossas mãos. Desde 2013, quando houve a sinalização da expansão de novas escolas médicas, o Governo Federal não sinalizou a criação de mais nenhum hospital universitário. Hoje, nós temos uma estrutura [para cursos de Saúde] que é uma das melhores no Nordeste, e não temos ainda um hospital universitário”.

“Em meados do mês passado, nós fomos contatados pelo deputado Severino Pessoa, que chegou com a possibilidade de termos um hospital universitário em Arapiraca. Temos uma população extremamente grande, não temos um hospital de complexidade, e temos cursos de Saúde que precisam deste laboratório específico. Já visualizamos o terreno na área do campus, o deputado está correndo atrás para fechar esse pacote o mais rápido possível, para que a gente possa oferecer isso à nossa população. Arapiraca e cidades vizinhas terão um equipamento de qualidade a serviço deles”, completou.
 

Contingenciamento

Eliane explicou sua visão sobre o contingenciamento de verbas que atinge as universidades federais em 2018, “A situação financeira da Ufal não difere das outras instituições no país. Quando os reitores fazem a sinalização, é porque a conta está chegando no estrangulamento; esperamos que, até lá, isso tenha sido ajustado. O lençol começa curto e depois é esticado um pouquinho. São situações que de fato impactam na atividade-fim, que é o ensino. Influencia no dia-a-dia da universidade, como em contratos de limpeza, água, energia, internet, telefonia... Mas já está havendo a conversa com o Ministério da Educação para que essas contas possam ser estabilizadas como um todo”.

 
Terceirizados

A entrevistada esclareceu as informações sobre cortes de funcionários terceirizados na Ufal, ainda em decorrência do contingenciamento federal. “O orçamento da universidade é enviado por parcelas. Geralmente, as primeiras são as menores, e no término do ano, vem o recurso como um todo. Apesar de a universidade ter um orçamento anual de mais ou menos 810 milhões, 82% deste recurso é em folha de pagamento. Em se tratando de contratos de colaboradores, de fato, há uma situação que já ascendeu o alerta. Pelo o que a gente soube, que não é oficial, é que há umas notas de pagamento em aberto, e que as próprias empresas já começaram a sinalizar a possibilidade de rompimento de contrato. Mas, nós não temos nada de oficial da atual gestão, são apenas sinalizações. Precisamos aguardar”.
 

Para conferir outras entrevistas como esta, o programa NN Entrevista traz convidados e temas novos todos os dias, de segunda a sexta, das 8h às 9h na Rádio Novo Nordeste 91,5 FM de Arapiraca, sob o comando de José Rocha e de Gilberto Júnior.
Notícias Relacionadas »
Comentários »