25.5 C
Arapiraca
Quinta-feira, 23 Maio, 2024

Operação Acerto de Contas prende em Alagoas sete acusados de furtos mediante fraude ocorridos em Goiás

Uma operação conjunta das Polícias Civis de Alagoas e de Goiás, denominada “Acerto de Contas” e realizada entre os dias 28 e 31 de março, prendeu sete integrantes de uma quadrilha envolvida em furtos mediante fraude contra uma grande empresa goiana.

De acordo com a Polícia Civil de Alagoas, o trabalho foi coordenado pelos delegados Thales Araújo e Daniel Mayer, coordenadores da Gerência de Inteligência Policial (Ginpol), da PC alagoana, e Paulo Ribeiro, da 1ª Delegacia Distrital da cidade de Goiânia.

Inicialmente, de acordo com o delegado Thales Araújo, havia três mandados de prisão, mas com o andamento da operação, novas pessoas foram identificadas e, com a coordenação da polícia goiana, novas representações foram feitas e mais quatro pessoas foram localizadas e presas, em Maceió.

Segundo o delegado, os presos são integrantes de organização criminosa especializada em prática de furtos mediante fraude com invasão de sistemas eletrônicos, o que causou prejuízos vultosos a uma empresa de pagamentos do estado de Goiás.

O trabalho de investigação se iniciou a partir de um furto contra uma empresa que gerencia contas digitais de pessoas jurídicas, bem como máquinas de cartão de crédito. “Esse grupo conseguiu invadir o sistema operacional de uma empresa e conseguiu subtrair R$ 2 milhões, sendo a quantia transferida para contas de pessoas que fazem parte da quadrilha”, acrescentou o delegado.

Conforme foi apurado, o grupo criminoso pulverizou as transferências em valores menores, na tentativa escamotear a origem ilegal do dinheiro.

Após identificar os autores do crime, a Polícia Civil de Goiás representou pela prisão dos acusados que foram cumpridas pela PC alagoana, na semana passada, com apoio de policiais civis goianos.

Os presos, agora, estão à disposição do Poder Judiciário e as investigações prosseguem no sentido de identificar os bens adquiridos pelo grupo criminoso.