sábado, 6 março, 2021
Início Arapiraca “Pais muito protetores inibem o potencial de desenvolvimento das crianças”, diz psicóloga...

“Pais muito protetores inibem o potencial de desenvolvimento das crianças”, diz psicóloga – Saúde em Foco

De acordo com a psicóloga Jessyhanne Amorim, a base educacional na família pode potencializar ou despotencializar um sujeito

Nesta sexta-feira (19/02), o Programa Saúde em Foco, transmitido pela Rádio 91.5 FM, teve como tema a dependência emocional. Para falar sobre o assunto, André Pepes entrevistou a psicóloga Jessyhanne Amorim.

A psicóloga começa explicando que a dependência emocional pode acontecer numa relação entre homem e mulher, e também pode acontecer no âmbito familiar, quando os filhos dependem extremamente dos pais, mesmo quando adultos, ou um irmão depende de outro irmão. A dependência emocional também pode surgir em uma relação de amizade.

“A dependência emocional é uma característica de pessoas inseguras, que não tiveram uma autonomia para se desenvolver. Pais que são muito protetores inibem o potencial de desenvolvimento das crianças. Então, é fundamental que os pais deixem os filho se desenvolverem para que eles se tornem adolescentes e adultos com suas próprias convicções sobre suas potencialidades”, aponta Jessyhanne Amorim. Ela salienta que a base da educação em casa é muito importante para o desenvolvimento do ser humano.

A psicóloga ressalta que a comparação é um elemento que pode interferir negativamente do desenvolvimento das personalidades das crianças. Por exemplo, alguns pais costumam comparar o seu filho com outra criança, destacando que outra criança tirou uma nota na prova maior do que a nota do seu filho. Essa comparação é prejudicial ao desenvolvimento das crianças, segundo explica da especialista.

Ainda de acordo com a psicóloga, a base educacional na família pode potencializar ou despotencializar um sujeito, apontando se ele será um adulto bem resolvido consigo mesmo ou se tornará uma pessoa insegura, com traumas, com dependência emocional em relação aos pais, amigos ou em relação ao namorado ou namorada.

Para acompanhar o Saúde em Foco ao vivo, acompanhe a 91 FM, de segunda a sexta, às 13h. Para ouvir o programa acesse o perfil no Spotify clicando aqui. Acompanhe o programa também nas redes sociais.

Assista à entrevista na íntegra:

Reprodução: Portal NN1

Rádios

ÚLTIMAS NOTÍCIAS