sexta-feira, 19 agosto, 2022
HomeArapiracaPedreiro é preso acusado de roubar mulher em Arapiraca

Pedreiro é preso acusado de roubar mulher em Arapiraca

Na ocasião o mesmo estava com os pés e mãos sujos de cimento, e anunciou o assalto exigindo os pertences da vítima

Um homem, de 25 anos, foi preso em flagrante pela polícia civil, na tarde deste domingo (07/02). Ele é acusado de ter roubado uma mulher no bairro Itapuã, em Arapiraca, Agreste de Alagoas, e teria realizado um serviço de pedreiro antes de cometer o crime. Na ocasião o mesmo estava com os pés e mãos sujos de cimento, e anunciou o assalto exigindo os pertences da vítima mediante ameaça.

A polícia chegou até o suspeito após investigação e perseguição iniciada pelo agente Paulo César, chefe de operações do 62º Distrito Policial de Craíbas (62ºDP), a partir do momento que recebeu a denúncia.

De acordo com o relato policial, a vítima foi uma mulher que caminhava pela calçada no bairro Itapuã, Arapiraca, quando foi abordada pelo indivíduo que agiu sozinho, o qual conduzia um ciclomotor de cor preta, sem placa e sem retrovisores.

Na ocasião, o mesmo estava com os pés e mãos sujos de cimento, e anunciou o assalto exigindo o celular da vítima, então enquanto a vítima retirava o celular de dentro da bolsa, o assaltante roubou a bolsa com todos os seus pertences, incluindo o aparelho celular, um apple watch, jóias, cartões e documentos pessoais.

Toda a ação foi registrada pelas câmeras de segurança das residências situadas no local do crime, portanto, após analisar as imagens, os policiais civis iniciaram a busca e conseguiram identificara o autor do roubo que prontamente foi reconhecido pela vítima.

A prisão aconteceu no Parque Ceci Cunha, no centro da cidade, no momento em que ele estava prestes a gastar o dinheiro obtido com a venda dos objetos roubados da vítima.  A polícia também apreendeu um veículo de posse do acusado.

Ele foi conduzido para Central de Polícia Civil de Arapiraca, onde o delegado plantonista, Manoel Acácio Júnior, autuou o criminoso pela prática de roubo, cuja pena é de reclusão, de quatro a dez anos, e multa. A ação contou também com o apoio da Polícia Militar.

O autuado confessou o crime e disse ter roubado a vítima quando vinha de um “bico” (trabalho informal) de pedreiro no bairro Itapuã, afirmou ter vendido o celular pelo valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais) e alegou ter jogado a bolsa com os demais objetos e documentos em via pública nas imediações da AABB Arapiraca.

Entretanto, a equipe do 52ºDP sob o comando do Delegado Regional de Arapiraca, delegado Guilherme Martim Iusten, continuará as investigações para identificar as pessoas que compraram os objetos roubados que foram vendidos pelo autuado.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS