sexta-feira, 12 agosto, 2022
HomeArapiraca“Pode surgir hérnia em bebês ainda na barriga da mãe”, diz médico...

“Pode surgir hérnia em bebês ainda na barriga da mãe”, diz médico especialista – Saúde em Foco

De acordo com o Dr. Luiz Marcelo, o exame ideal para diagnosticar uma hérnia é a ultrassonografia

O Programa Saúde em Foco, transmitido pela Rádio 91.5 FM, nesta sexta-feira (05/02), teve como tema Hérnia. Para falar sobre o assunto, André Pepes entrevistou o médico ultrassonografista Dr. Luiz Marcelo, da Clínica Diagnósticus.

Dr. Luiz Marcelo explica que a hérnia surge quando um órgão interno se desloca e acaba ficando saliente por baixo da pele, isso pode acontecer devido a uma fragilidade ou muito esforço físico, e pode surgir em qualquer parte do corpo, como umbigo, abdômen, coxa, virilha ou coluna. “Pessoas que pegam muito peso, homem ou mulher, podem ter hérnia. O exame ideal para diagnosticar uma hérnia é a ultrassonografia”, aponta o especialista.

Segundo ele, pode surgir hérnia em bebês ainda na barriga da mãe, durante a gestação. Por isso é fundamental que a gravidez seja acompanhado com a realização de ultrassonografia periodicamente.

Dr. Luiz Marcelo destaca que existem diversos tipos de hérnia, os mais comuns são:

  • Hérnias epigástricas – aparecem no abdômen;
  • Hérnias umbilicais ou paraumbilicais – aparecem em volta do umbigo;
  • Hérnias inguinais – surgem na virilha, entre a coxa e a parte inferior do abdômen. Nos homens pode estender-se até os testículos, se transformando em hérnia inguinoescrotal. “Neste caso, a cirurgia é o único tratamento indicado para esse tipo de hérnia”, ressalta o Dr. Luiz Marcelo.

Em todo caso, o médico orienta que é preciso tratar a hérnia. O Dr. Luiz Marcelo é médico ultrassonografista da Clínica Diagnósticus, que está localizada na Rua São Francisco, nº 191, no Centro de Arapiraca.

Para acompanhar o Saúde em Foco ao vivo, acompanhe a 91.5 FM, de segunda a sexta, às 13h. Para ouvir o programa acesse o perfil no Spotify clicando aqui. Acompanhe o programa também nas redes sociais.

Assista à entrevista na íntegra:

Reprodução: Portal NN1

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS