27.7 C
Arapiraca
Quarta-feira, 22 Maio, 2024

Presidiário é denunciado por fabricação e venda de cachaça em ala LGBTQIA+ do Baldomero Cavalcanti

Na tarde desse domingo (11/12), a chefia de serviço da Penitenciária Baldomero Cavalcanti, no bairro Tabuleiros dos Martins, parte alta de Maceió, recebeu uma denúncia sobre a fabricação e comercialização de cachaça artesanal dentro do módulo LGBTQIA+ da unidade prisional.

O preso, que foi identificado, estaria confeccionando cachaças artesanais e vendendo para outro apenado da ala pelo valor R$ 50. O consumo de bebidas alcoólicas dentro de presídios é proibido.

A cachaça estava sendo fabricada com ingredientes como farinha de pão e cascas de frutas. Estes produtos entram nas unidades prisionais, e são liberados judicialmente, através da portaria.