segunda-feira, 26 julho, 2021
InícioFamosos e EntretenimentoRita Lee é diagnosticada com tumor no pulmão esquerdo

Rita Lee é diagnosticada com tumor no pulmão esquerdo

Cantora confirmou informação em suas redes sociais

Rita Lee, de 73 anos, recebeu diagnóstico de tumor no pulmão esquerdo após passar por exames de rotina no hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (20/05) no perfil oficial da cantora em uma rede social.

“Nossa Rita submeteu-se a um check-up no hospital Israelita Albert Einsten, em São Paulo. Os exames apontaram um tumor primário no pulmão esquerdo”, diz o comunicado, que cita ainda que a artista está “bem assistida por uma junta médica”.

De acordo com a nota, Rita Lee é atendida pelos médicos Óren Smaletz, José Ribas M. de Campos, Carmem Silvia Valente Barbas e Ícaro Carvalho. Diz ainda que a artista está em casa e que fará os tratamentos de imunoterapia e radioterapia. “Agradecemos as orações e luz divina.”

Assim que o comunicado foi publicado nas redes sociais, fãs, celebridades e amigos da artista se manifestaram e desejaram que ela se recupere e pediram “energia”, “amor a deusa do rock”, “forças, Rita te amamos”, “Deus abençoe grandemente, você é muito querida” e “saúde, saúde e saúde!”.

Edson Celulari, Maria Fernanda Cândido, Gominho foram alguns artistas que se manifestaram. “Vai ficar boa rapidinho”, disse Alessandra Negrini. Filho mais velho de Rita Lee, Beto Lee publicou emoji de coração e escreveu: “We will survive” (nós vamos sobreviver).

Uma das maiores artistas do pop rock brasileiro, Rita Lee tomou a segunda dose da vacina contra a Covid-19 no dia 09 de abril (09/04). “Segunda dose Coronavac. Viva o SUS [Sistema Único de Saúde]!”, disse a cantora, ao publicar a foto sendo vacinada.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, em agosto de 2020, Rita Lee disse que está sozinha no sítio, no interior de São Paulo, com um namorado que a “aguenta há 43 anos”. Ao lado de Roberto de Carvalho, aliás, também tem escrito muita música. “Roberto e eu temos uma coleção de demos inéditas e caseiras que daria para fazer três discos. Nós deixamos o palco, mas a música da dupla continua firme e forte.”

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS