quinta-feira, 11 agosto, 2022
HomeArapiracaSente dor no ombro? Fisioterapeuta explica o que pode estar provocando a...

Sente dor no ombro? Fisioterapeuta explica o que pode estar provocando a dor – Saúde em Foco

Juliana Vieira, da Fisio&Saúde, destaca que a dor no ombro pode ser aguda, quando ocorre momentaneamente, ou crônica, quando decorre de alguma inflamação

Nesta terça-feira (09/02), o Programa Saúde em Foco, transmitido pela Rádio 91.5 FM, teve como tema a dor no ombro. Para falar sobre o assunto, André Pepes entrevistou a fisioterapeuta Juliana Vieira, da Fisio&Saúde.

De acordo com a especialista, a dor no ombro pode ser aguda, quando ocorre momentaneamente por conta de uma posição ruim que a pessoa dormiu, por exemplo, ou devido a um trauma, ou pode ser dor crônica, quando decorre de alguma inflamação.

“Cada vez mais as pessoas estão sentindo dor no ombro por conta de movimentos repetitivos, no trabalho ou em casa. Muitas pessoas ficaram em casa por conta da pandemia e passaram muito tempo no computador. Isso tem gerado algumas patologias e tendinites em pessoas de todas as idades”, destacou.

Segundo ela, às vezes, só com orientação sobre postura corporal a fisioterapeuta já consegue ajudar, no entanto, quando a dor já desencadeou de uma inflamação, é preciso fazer tratamento. “Na Fisio&Saúde nós recebemos muitos pacientes com lesões pós-trauma, principalmente por acidente de motos. Já as lesões não traumáticas geralmente ocorrem por conta de inflamações por esforços repetitivos, daí surge a tendinite ou bursite”, explicou.

A tendinite é uma inflamação ou lesão do tendão, que é uma fibra responsável por unir o músculo ao osso, e é caracterizada por dor e inchaço do tendão, podendo afetar qualquer parte do corpo, no entanto, são mais frequentes no ombro, pulso, joelho e tornozelo.

A bursite é a inflamação da bolsa sinovial, uma estrutura cheia de líquido que se localiza entre um tendão e a pele ou entre um tendão e o osso, com função de amortecimento e auxílio no deslizamento dos tecidos e sua nutrição. A doença pode ser aguda ou crônica.

Juliana Vieira orienta que quando a pessoa sente dor repetitiva no ombro, é preciso investigar a causa para tratar, isso porque se tiver alguma inflamação, isso pode desgastar a articulação e até provocar a ruptura do manguito rotador, que é responsável pela estabilidade do ombro. “Quando ocorre a ruptura, só uma cirurgia pode resolver o problema”, ressaltou a fisioterapeuta.

A Fisio&Saúde localiza-se na Rua Nossa Senhora de Fátima, nº 218, no bairro Brasília, em Arapiraca.

Para acompanhar o Saúde em Foco ao vivo, acompanhe a 91 FM, de segunda a sexta, às 13h. Para ouvir o programa acesse o perfil no Spotify clicando aqui. Acompanhe o programa também nas redes sociais.

Assista à entrevista na íntegra:

Reprodução: Portal NN1

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS