sexta-feira, 22 janeiro, 2021
Início Eleições TSE nega pedido de Luciano Barbosa e TRE prosseguirá com a remoção...

TSE nega pedido de Luciano Barbosa e TRE prosseguirá com a remoção dos nomes das urnas

Ministro do TSE negou a suspensão das liminares do TRE, autorizando o prosseguimento das decisões do colegiado estadual

Luciano Barbosa perdeu mais uma batalha na Justiça Eleitoral, após negativa do Tribunal Superior Eleitoral de interferir favoravelmente à sua candidatura. O ministro Luís Roberto Barroso, em decisão proferida nesta quarta (11/11), negou a suspensão das liminares concedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL), onde foram proibidas campanhas políticas, uso da legenda do MDB e retirada da chapa das urnas de Arapiraca.

A decisão do TSE era uma das últimas esperanças de reversão do quadro jurídico do político. Luciano Barbosa e sua vice de chapa, Rute Pereira, travam uma batalha com o TRE/AL desde que o MBD estadual decidiu invalidar a convenção partidária municipal de Arapiraca, que o escolheu como candidato à Prefeitura de Arapiraca nas eleições de 2020. Além disso, o MDB dissolveu o diretório na cidade, e expulsou Luciano do partido.

Diante deste cenário, o colegiado do TRE/AL votou pelo indeferimento da candidatura, sob o argumento de não existir uma convenção partidária válida para a candidatura de Barbosa. Os magistrados decidiram que as informações de Luciano e Rute serão removidas das urnas nesta quinta-feira (12/11), às 8h.

Até o fechamento desta reportagem, Luciano Barbosa ainda não se pronunciou sobre a decisão mais recente do TSE.

Rádios

ÚLTIMAS NOTÍCIAS