segunda-feira, 23 maio, 2022
InícioAlagoasVÍDEO – Conselho Tutelar registra aumento de denúncias de violência sexual contra...

VÍDEO – Conselho Tutelar registra aumento de denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes em Arapiraca

De acordo com o conselheiro tutelar Lázaro Lopes, de janeiro até agora, já foram registradas cerca de 30 denúncias de violência contra crianças e adolescentes no município

Maio é o mês de combate à violência contra crianças e adolescentes, e o Conselho Tutelar de Arapiraca tem registrado um aumento no número de denúncias de violência sexual ocorridas dentro dos próprios lares das vítimas. A NN FM conversou com o conselheiro tutelar Lázaro Lopes sobre esses casos de violência.

De acordo com Lázaro Lopes, durante a pandemia, as crianças e adolescentes ficaram confinados, longe da escola, dos colegas, o que acabou dificultando e muitas das denúncias não chegavam até o Conselho Tutelar. Com a volta das crianças às aulas de forma presencial, as denúncias aumentaram. “As escolas e creches são nossas parceiras, isso porque as professores e os professores convivem diariamente com essas crianças, então, eles conseguem perceber mudanças no comportamento e outros elementos que podem indicar que aquela criança pode estar sofrendo algum tipo de violência e nos acionam”, explica.

Lázaro Lopes relata que, de janeiro até agora, já foram registradas cerca de 30 denúncias de violência contra crianças e adolescentes em Arapiraca. Segundo ele, os casos estão sendo investigados e envolvem crianças de todas as idades, porém, o mais chocante é que estão ocorrendo muitos casos de violência sexual contra crianças em idade de creche.

“Muitas vezes, os casos envolvem mães solteiras, que precisam trabalhar e deixam os filhos com alguém que elas julgam ser responsável, e ficam surpresas quando o Conselho Tutelar chega e apresenta a denúncia de abuso contra seu filho”, ressalta o conselheiro tutelar.

Ele destaca que a pessoa que faz a denúncia pode ficar segura porque o seu nome será mantido sob sigilo. Portanto, quem souber de alguma criança ou adolescente que está sofrendo violência sexual ou física, qualquer tipo de abuso, denuncie. Ligue para: 82 – 9 9906-3745 ou você pode ligar para o Disque 100, que vai direto para Brasília, e faça a sua denúncia.

“Nós fazemos um apelo à sociedade arapiraquense que denuncie, não fique calado sabendo que uma criança está sofrendo. Quando a pessoa liga, nós não perguntamos o nome dela, só perguntamos os dados referentes ao endereço da vítima para que nós possamos ir até lá ajudar a criança”, enfatiza Lázaro Lopes.

Veja a entrevista:

Reprodução: NN Play

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS